Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

parte da vida


Experiencia
Vou contar a história de Um Compositor que por um infortúnio engavetou seus trabalhos,
E decidiu publicar na internet algumas de suas obras; isto por que seu forte era escrever ele não pode parar; claro que se um cantor se interessar pelo seu trabalho será atendido já aconteceu de alguém ligar para o seu celular, e outros que pedira por e-mail ele foi prontamente atender. Em um dos casos, foi até uma música Góspel para complementar um CD.

Mas a experiência desse Compositor eu vou contar.
O Leitor já ouviu alguém dizer : - vou fazer quero provar que sou capaz  já viu alguém querendo provar para os outros a sua capacidade?
Isto as vezes é necessária esta prática quando vai-se fazer um teste. Aí, nesses casos  tem que se provar.

Tem pessoas que querem tanto provar a sua capacidade, que estabelecem uma meta e se esforçam para cumpri-la. Este Compositor não tinha nada a provar para ninguém ele não fez compromisso com ninguém! Quando ele viu que não teve êxito no seu trabalho, ele apenas os engavetou.
Seu começo foi iluminado; Ele sempre escreveu por que ama e em toda sua vida amou escrever um dia ele escreveu uma poesia, e um amigo disse: - se puser música nisso vai arrebentar foi assim que aquele amigo que era músico se expressou; O amigo pegou o violão, e começou a tocar e cantar! Nesse tempo, o Compositor nem conhecia computador; ele nem sabia que seria um Compositor.

Ambos saíram na garagem pegaram o carro, e rumaram para casa do artista lá pegaram seus aparelhos, e voltaram para transformar aquela poesia em música.
Eles tinham um grupo que tocavam juntos; no domingo a seguir o artista tinha um encontro para se apresentarem na Radio Nacional; Me lembro o programa era do Iranir era um programa de música sertaneja; Ele convidou e o Compositor foi com ele; lá fizeram a apresentação, e ele apresentou o amigo, e o seu trabalho em uma folha de papel, e o Iranir disse olha este trabalho tem que ser registrado na associação dos compositores.
Deu informação como fazer e o Compositor foi em busca do registro como era necessários uma partitura, para que o registro fosse efetuado, lá o compositor conheceu uma pessoa que foi muito importante para o seu inicio; O nome dele era Rubinho do Bandolim.

E o amigo levou o trabalho e junto ao grupo ensaiaram a música, e tocaram e cantaram para o Autor ouvir e se deliciar. O Autor resolveu revirar o baú e lá ele encontrou muitos trabalhos que poderiam virar música. A partir dali ele se uniu ao grupo e começaram a preparar as músicas e apresentar nas casas noturnas, nos Bares clubes Radio e foram até a televisão; Era emocionante.E em pouco tempo, ele recebeu sua credencial como Autor e compositor versionista .
Tudo ia muito bem, o grupo tinha um nome inspirado no trio parada dura; era o trio parada de ouro. Eles apresentavam em chou com músicas próprias era muito bom; depois de uma apresentação em um canal de televisão em são Paolo, já estavam no hotel, quando tiveram um sério desentendimento, e culminou no afastamento de um dos componentes do grupo; Outro por sua vez, foi para uma igreja tornou-se membro e fez um propósito de que seus instrumentos só seriam usados para louvar ao senhor. Um deles veio a falecer,

O compositor que estava vivendo uma experiência nova, seu castelo desmoronou;
Seus trabalhos novamente voltaram para as gavetas;
Em outubro de dois mil e seis, um de seus filhos descobriu o recanto das Letras e disse que era uma forma de ele expor seus trabalhos.
Aí aquele Compositor tornou-se um escritor suas obras eram muito visitadas no Site do Recanto recebia comentários que o incentivava lá ele publicava tudo: - contos, poesias, experiências, crônicas, cartas, e Letras de músicas.


Em Dezembro de 2006, resolveu montar seu próprio Site do Escritor
Até Novembro de 2007 foi contemplado com um numero expressivo de leitores chegando a 8.000 leituras e um numero considerável de comentários registrados. Talvez o leitor esteja se perguntando será mais uma de sua história imaginária?  Não esta é verdadeira; Coincidentemente, este compositor sou eu

O próprio sterquini


               
sterquini
Enviado por sterquini em 12/11/2007
Código do texto: T734593

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
sterquini
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
512 textos (28519 leituras)
20 áudios (2920 audições)
3 e-livros (10 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 10:45)
sterquini

Site do Escritor