Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CARTA DE UM AMIGO DENOMINADO DE RAIO DE SOL (02)

Querido amigo: Raio de Sol!

  Recebi tua carta e apreciei tuas belas palavras. Existe muita coisa por compreender e somente o tempo poderá dar-nos, as respostas necessárias. Porém, enquanto isso nós vivificaremos o amor como flor, fruto e semente em nossas vidas. Porque nossas almas já foram tocadas pela raiz de sua árvore. E em nada poderemos modificar esta realidade que somente resplandece ternura e carinho.
  Dissestes-me que em 2006, você me revelaria a pessoa que é. Eu não entendi onde quis chegar com tal expressão, mas creio que seja algo um pouco difícil, na tua jornada de fé. Antes de qualquer idéia vaga, te direi que ninguém é perfeito como imaginamos. Somos seres em profundos e contínuos aprendizados e cada experiência acrescenta inúmeros modos de aprender. A idade, a condição, a vocação não contam. O que realmente importa estar no abrir e no fechar de nossas portas... De como visualizamos o mundo, na postura de nossos sentimentos e nos caminhos de nosso coração. Às vezes o crescimento acontece antes da maior idade, já outras, nem depois do crepúsculo da vida. Necessitando de possíveis retornos. Precisamos conhecer a nós mesmos. Ver qual é o tipo de sentimento que mais exteriorizamos. Aprendendo com os nossos próprios erros. E corrigindo-nos, sempre que necessário.
   Que bom que você irá observar suas emoções. Eu estou torcendo para que se descubra no amor e no amor encontre suas origens. Nada acontece por acaso, e o nosso encontro teve em ambos os lados, o sentido de sol.
  Veja como muitos conceitos foram modificados com a nossa amizade. Quanta coisa absorvida... E quanta opinião dispersa... Olhe como o mundo parece outro, como as pessoas ao nosso redor ganharam importância e como necessitamos desse nosso diálogo... Sempre desejamos trocar amabilidades e mesmo quando distantes, passamos a pensar com maior intensidade, um no outro. Isso meu amigo é amor, é amizade. Palavras que se fundem para contemplar a nossa unidade.
  Quando amamos não nos importamos com o desfecho. O amor é completo, não precisa de retoques, de reajustes. Nada exige e sua canção é a melodia que encanta mentes e restaura corações.
  Fico feliz em saber que você compreendeu o sentido das coisas. E que de agora em diante não colocará limites na tua essência. Eu já esperava por essa decisão tua. Porque quando o meu universo te abraçou, (e ele te abraçou primeiro do que eu) viu uma beleza indescritível na sua alma. E sempre soube de ser bem parecida ou até mesmo extensão da minha.
  Logo esqueçamos do passado e avante na perfeição do reencontro presente. Vamos acontecer daqui pra frente, atualizar a amizade e aumentar a freqüência de nossa comunicação tão importante, para nós dois.
  Obrigada pela colocação de ser sol na tua vida. Pelos elogios de minha espiritualidade, psicologia e filosofia... Obrigada pelo amor tão verbalizado e saiba que em tudo é recíproco.
  Um enorme beijo e aguardo teu telefonema marcando o dia de tua chegada. Não demore, abraços carinhosos da amiga Akeza.
 
Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza. 28/01/2006.
Akeza
Enviado por Akeza em 29/01/2006
Reeditado em 15/03/2015
Código do texto: T105438
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403191 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:36)
Akeza