CapaCadastroTextos┴udiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

CARTA A UMA IRM├ QUERIDA

Querida Irmã,

Para cada um de nós o Pai Criador tem um papel especial desenhado em folhas de oportunidade que se inauguram a cada novo dia que amanhece em nossas vidas.

Para mim, hoje o dia amanheceu em flores de pedidos de perdão.
Pela rudeza das palavras que feriram o teu e o meu coração (talvez mais o meu, mas, quem sou eu para julgar as feridas que sangram no outro?).

Há uma profunda sabedoria nos que sabem calar.
Às vezes,  aliás, sempre, o silêncio é o mais sábio dos conselheiros.

Réu confesso: “mea culpa”, palavras ontem eu não fui capaz de amaciar.
Hoje, eu queria estar aí perto de você para olhar nos teus olhos, tão plenos de esperança, tão cheios de amor e cuidados, e te pedir esse perdão, ao vivo e a cores, como um arco-íris fluindo do meu coração.
Queria te abraçar e te dizer que a discórdia e o desentendimento são filhos do desamor, esse perigoso veneno.

Meu abraço traduziria as palavras que ontem eu não soube expressar.
Talvez meu abraço te dissesse que entendo a preocupação que tens com os que te cercam. Que eu sei que queres o melhor para todos.
Talvez também eu te dissesse que um irmão respeita o outro, pois quem ama respeita. O livre arbítrio é uma dádiva divina. E cada um de nós tem um destino a cumprir, pois todos somos filhos de Deus e, para cada um de nós, ele tem um desígnio especial, único.

Você tem o seu caminho de Vitória traçado, percebo.

Cada um de nós - ao nosso seu jeito e conforme a vontade de Deus - alcançará o que almeja na vida.

Talvez meu abraço também te dissesse que existe um jardim, no qual a flor mais bela é a da Gratidão.A Gratidão por tudo, até mesmo pela dor, pelo sofrimento e pelas angústias que às vezes nos asssaltam  a qualquer hora do dia ou da noite, sem avisar. Porque a dor nos ensina e todo sofrimento nos faz crescer. Sei que há Gratidão no teu coração por ter ao lado uma irmã tão querida e que muito te admira.
E sei também que existe a Gratidão por ter tantas irmãs e tantos irmãos pela vida, pois não é apenas o sangue que conta: afinal, somos todos irmãos, filhos do mesmo Pai Criador.

E então, talvez eu te dissesse que ao lado dessa flor da Gratidão, viceja outra, exalando o perfume e a leveza do Perdão.Nos jardins da nossa vida, saber perdoar a si mesmo e ao outro é uma dádiva preciosa que Deus nos concede.

Mas, quem sabe, talvez meu abraço ficasse apenas calado te abraçando na linguagem do Amor que tem a Sabedoria de dizer tudo.
O Amor é a Voz de Deus calando fundo em cada coração.

Querida irmã, espero que você me perdoe por tudo o que ontem eu não soube te dizer e, principalmente, pelas palavras que eu não soube calar. E que a flor do perdão possa exalar um perfume que vença todas as distâncias, todas as eras do tempo. E possa, finalmente, promover a compreensão entre todos aqueles que nessa Terra de Deus sabem se distanciar da arrogância e se fazer dignos, humildes, como respeitosos e verdadeiros Irmãos.

Que a Paz, a Serenidade e a Harmonia habitem em nossos corações.
                   
                  Com Amor,
                         seu  irmão.
JosÚ de Castro
Enviado por JosÚ de Castro em 23/09/2008
Reeditado em 23/09/2008
Código do texto: T1192392

Comentários

Sobre o autor
JosÚ de Castro
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil
2019 textos (624393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - ˙ltima atualização em 03/09/14 01:37)