Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu queria escrever-te uma carta Amor...

Usando o mote de António Jacinto, "eu queria escrever-te uma carta amor", uma carta onde pudesses penetrar a minha essência, entender o meu querer e não querer, o meu dialéctico, maldito e bendito pensar.
Eu queria escrever-te uma carta,simples, tal qual eu, que diante do infímo sofrer lacrimejo sem parar, uma carta onde lesses o formato do meu coração, onde estivesse a minha na tua palavra...eu queria tanto amor,escrever-te a nossa carta de alforria, para podermos enfim viver em paz...
Se eu soubesse escrever essa carta,acabaria,porventura, o nosso amor,porém, acabaria também a nossa dor...eu queria escrever-te uma carta amor...mas tu, "não sabes ler e eu tampouco sei escrever!"
Assim, ficamos na mesma, à espera de alfabetizarmos a nossa essência e sedimentarmos a coragem de nos abandonarmos, até ao infinito.
"Eu queria escrever-te uma carta, amor..."
Harmoniae
Enviado por Harmoniae em 14/05/2005
Código do texto: T16950
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Harmoniae
Portugal, 50 anos
75 textos (7757 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 23:59)
Harmoniae