Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

              HISTÓRICO DO Sr. GABRIEL

                           Amiga Celita, 
                           Saudações

                         Conheci sua prima, numa viagem que que fiz, a uma fazenda no interior do Ceará. Ouvi com bastante curiosidade a história do seu tio Gabriel.
                        Ele foi um comerciante bem sucedido, aqui na cidade de Fortaleza. Aos 60 anos ficou viúvo, com cinco filhos. Fez o inventário e na parte que lhe coube, viajou para terras serranas. Comprou uma fazenda com 480 cabeças de gado e passou a residir lá. Tejussuoca, local belíssimo, de clima frio, com uma aragem branda, suave, próprio para um momento de relaxe e reflexão.
                      Sentada no alpendre da casa, apreciando aquela paisagem, horas verde, horas acinzentada, quando cai um nevoeiro. Vem uma saudade oculta, da infância, da natureza pura e bela, superior a toda maldade humana e destruição provocada pelo homem. Dos pais ausentes, da terra natal, da gigantesca metrópole onde habito e da sua inquietude, assim que a manhã dar um grito de alerta para uma nova jornada.
                      Bem, este senhor, Gabriel Aguiar, pediu a Nossa Senhora, que o tirasse da solidão que se encontrava e mostrasse uma companheira para terminar seu dias.          
                     Após um mês do pedido, viu uma jovem que passa e indagou sobre a vida da moça. Foi pedi-la em casamento aos pais. Apesar dos seus 65 anos, casou com esta jovem de apenas 18 anos e ainda tiveram 9 filhos. A caçula foi gerada quando ele ainda gozava dos seus bem vividos 87 anos. Faleceu quando só lhe faltavam 4 meses para completar seus 108 anos, bem feliz ao lado da esposa e filhos.
                        Estive lá por três vezes, pois tive um breve namoro com um dos seus filhos, porém não vingou. A filha caçula, que estava com 24 anos na época, tinha sobrinho de 54 anos do primeiro casamento.
                        È uma narração bastante curiosa. Apesar da grande diferença de idade os dois permaneceram juntos até a subida dele para um outro plano. Hoje seria impossível uma jovem dessa idade sustentar um ralacionemento tão longo com um senhor com de tamanha idade.
                         Viu que mundo pequeno? Conversa-se um assunto aqui e quando se chaga ali sabemos da história na íntegra.

Abraços e boa sorte.

(Esta carta já foi enviada a algum tempo, é só um registro descritivo)


Sonia Nogueira
Enviado por Sonia Nogueira em 16/07/2006
Reeditado em 17/02/2007
Código do texto: T195119

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Sonia Nogueira
Fortaleza - Ceará - Brasil
2327 textos (124346 leituras)
9 e-livros (539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:05)
Sonia Nogueira

Site do Escritor