Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao meu pai

Pai...
Tanto tempo já se passou. Tantos anos que você não esta mais entre nós. Eu não consigo me lembrar como foi aquele ultimo "Dia dos Pais".
Não lembro o que fizemos, nem se te dei presente. Lembro que você não gostava de festas, de comemorações. Tudo era perda de tempo e dinheiro, na sua maneira de pensar.
Era tão difícil te entender. Muito mais difícil fazer com que você me entendesse. Sinto tanto não poder dizer que tenho boas lembranças suas. Ou que sinto saudades de alguma fase da nossa vida. Tantas vezes comparei você com os pais de algumas amigas...e ficava tão triste, por ver tantas diferenças. Agora eu penso que se você não tivesse passado para um outro plano tão cedo, talvez poderíamos ter conseguido uma melhor convivência. Ontem, passeando com meus filhos e minha neta, nem sei por que pensei em você. Imaginei você com seus netos e sua bisneta.
Que pena você não estar mais aqui! Sei que você estaria feliz e realizado com eles.
Pai...hoje eu não tenho mais nenhuma magoa. Consigo lembrar de algumas qualidades suas e sei que devia ter mais que eu realmente não percebi. Entendo também que você tinha seus motivos pra ser como era.
Gostaria que ainda estivesse aqui, comemorando esse "Dia dos Pais".
Como não é possível, peço que tenha a oportunidade do aprendizado, de elevar seu espírito e assim possa ficar em paz.

13/08/2006
Kathita
Enviado por Kathita em 13/08/2006
Código do texto: T215267

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Kathita
Valinhos - São Paulo - Brasil
179 textos (9230 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 16:04)
Kathita