Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diferença entre Emoções e Sentimentos

Existe uma grande diferença entre emoções e sentimentos.
Observei, que certas sensações eram boas em determinadas passagens e outras não eram, provocando um profundo incômodo no peito, um peso na cabeça, uma "carga" que passava do meu "limite de transporte".
Fui mais fundo e finalmente percebi a diferença.
Percebi que os sentimentos não pesam.
Ao contrário, eles são de uma leveza tal, que podem levar-nos a um estado de êxtase, que nos abre o peito num longo suspiro, trazendo alívio às nossas tensões.
Se você quiser também sentir essa diferença, observe:
- quando é Amor o que você sente, não importa por quem ou pelo quê, a sensação é tão agradável, que você não sente o mínimo desejo de se livrar dela.
O Amor é sentimento. Sentimento faz bem.
 - quando é ódio, você pode notar que é como se o seu peito se fechasse, o ar parece ser insuficiente para sua oxigenação.
A respiração fica ofegante e curta.
É uma sensação horrível.
O ódio é emoção. Emoção faz mal.
É comum confundirmos pessoas sentimentais com pessoas emotivas e pensamos que é a mesma coisa, mas não é:
a pessoa sentimental não sofre, mas a emotiva sim.
Emocionar-se é "doer-se".
Emoção é ruído. Sentimento é silêncio.
" Imagine você, se as pessoas do mundo inteiro ficassem apaixonadas ao mesmo tempo?
O mundo viraria um caos, pois a paixão nos torna cegos para a ordem e para a organização inteligente das coisas".
A paixão é emoção e, só por isso, faz tanto estardalhaço, tanto estrago no continuar das coisas.
Há quem mate "em nome do Amor", mas há um engano:
a paixão pode fazer matar, mas o Amor não.
Há um incontável número de coisas que sentimos e que são confundidas, ora com sentimento, ora com emoção.
São emoções: o ódio, a inveja, o ciúme, a sede de vingança, o desejo de punir, o ressentimento, a culpa, a mágoa, a raiva, o fanatismo de qualquer natureza, e por aí a fora.
Você notou como tudo isso é denso, pesado, sufocante?
As emoções nos prendem, os sentimentos nos libertam.
Não há necessidade de eu listar o que são sentimentos, pois você - com certeza - já percebeu que eles são exactamente tudo que é o oposto dos listados acima.
Faça você mesmo uma lista dos opostos e depois note quanto bem-estar você sente ao evocá-los.
Não é só uma sensação de bem-estar espiritual, mas físico também. Você sente seu corpo mais leve.
Dê-se o prazer de sentir essa diferença.
Se essas palavras cansou vc, esse é um sinal de que você vive mais pelas emoções.
Se você parou um pouco e se deixou absorver, é o bom sinal de que você vive mais pelos sentimentos.
Sabe o que faz a diferença neste caso?
Quem vive de emoções é ansioso e apressado, mas quem vive de sentimentos já sabe - intuitivamente - que a pressa lhe rouba o prazer de viver por inteiro cada pedacinho de cada momento.
É no clamor das emoções que se fazem as guerras.
É no calor dos sentimentos que se faz a Paz.
... Estamos em constante evolução, chegará um dia que nos libertaremos das garras das emoções e, a partir desse dia, voaremos livres nos Céus dos Sentimentos.




 Sílvia S
Simples Camponesa
Enviado por Simples Camponesa em 25/03/2010
Reeditado em 26/03/2010
Código do texto: T2159215

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Simples Camponesa
Uberlândia - Minas Gerais - Brasil
296 textos (23036 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 10:41)



Rádio Poética