Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu amado


O mistério do amor nasceu dentro de mim e tomou conta de todo o meu ser, da minha vontade, do meu pensamento, dos meus atos. O mistério do amor chegou e se alojou em mim, querido.
Não sei como, nem como foi. Apenas nasceu. Ah, e eu que era tão infeliz e despreocupada antes, como um barco à deriva. Eu que sentia da vida apenas os momentos mais felizes, mais inexpressivos. De repente, senti que não tinha vivido antes e ainda agora eu me pergunto assombrada. Porque não consegui viver antes? Por que tudo isso tinha que acontecer?
Não sei. Apenas aconteceu... Você veio...
Não sei de onde... Surgiu... Olhou em meus olhos, sua voz era música aos meus ouvidos... O simples contato de suas mãos fazia tremer todo meu corpo. Sentia que o amava... De repente comecei a notar que havia mais brilho no luar... Que havia mais brilho nas estrelas... Que a brisa era uma carícia meiga... Que o luar era uma bênção luminosa.
Eu sorria a propósito de qualquer coisa... Eu não me reconhecia mais... Senti que era amor... E que esse amor era você... Senti que minha vida estava intimamente ligada à sua... por qualquer estranho laço inexplicável.
E desde então, querido, sou apenas um pouco de você. Um pouco de você que eu amo com toda força de minha alma. Um pouco de você é tudo para mim... Desde que o mistério do amor nasceu dentro de minha alma, querido...
luly
Enviado por luly em 08/09/2006
Reeditado em 08/09/2006
Código do texto: T235268
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luly
Recife - Pernambuco - Brasil, 28 anos
6 textos (912 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:41)
luly