Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EspERa!

Espera!

Há tempo para passar arrastado, e outro pra passar voado.

Nada é esperado, é tudo uma grande surpresa da vida. Mas

há momentos em nossas vidas que nos fazem ter a certeza.

Certeza, de que? De esperar!

Me desculpe se ainda não me dei conta do tempo que passou,

é que a tua ausência me atormenta, a solidão dos meus

dias, e nem sei quantas noites ainda hei de ficar

dependurada sobre a janela olhando a minha vida passar.

Sabe estes últimos meses vem sendo uma péssima experiência

pra mim, estou entrando em conflito comigo mesmo, não me

perdôo por aquele ultimo abraço que não te dei, e também

por aquela noite em que deveria ter ti dito o quanto é

importante a sua presença na minha vida, essa que agora

não tem mas cor, alias as cores estão nos nossos momentos

que guardo vivos na memória e que deles sobrevivo.

E mesmo que este amor pareça morto aos teus olhos, ele ressuscita. Me desculpe, pelo meu erro se é que é um erro, esperar o grande amor da minha eternidade voltar.
LeE
Enviado por LeE em 08/09/2006
Código do texto: T235283
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LeE
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 28 anos
9 textos (1302 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:32)
LeE