Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

decepções

"todos nós temos duas vidas, a que vivemos e a que sonhamos..."

Algumas vezes sabemos que nossos pés nos levam por caminhos sem volta, sabemos que estamos caminhando para o precipício mas não conseguimos parar de olhar para o outro lado do abismo pensando que de alguma maneira chegaremos lá.

Absortos com a beleza, pelo encanto daqueles que conseguiram ver o milagre da vida, esse milagre que acontece quando realizamos os sonhos, muitas vezes sem saber porque acontece com um e não com outro.
Não se trata de merecimento, mas de ocasião, ou se alguém quiser crer nisso pode ser o destino, ou algo como uma benção divina.

Porém, sempre chega a hora da despedida, despedida dos sonhos, despedida da vida, das pessoas, despedida dos momentos, que sempre se perdem, dos amores, das dores, das alegrias e das tristezas.

Quando algo maravilhoso acontece, sempre desejamos eternizar aquele instante, tentamos vivê-lo de forma a torná-lo um pouco mais presente, um  minuto a mais do que é possível, mas a verdade é que naquele exato instante ainda não temos a consciência da sua grandeza, só temos a compreensão disso quando não se pode mais viver a emoção.

Mas é a sensação de perder que faz o momento ser eterno, algo que não voltará mais.....

Memórias postumas de um amor impossível, de uma vida sonhada, de uma mentira deslavada, de um engano, desencontro de vc, de mim, de um homem que queria ser mais, mais do que o tudo que era pra mim, queria ser mais do que a verdade do seu ser, queria mais  que a simplicidade inigualável da vida....talvez um dia esse homem admita pra mim, e pra si próprio que trocou tudo por nada....pensando ter escolhido a vaidade, a fama, o poder, o dinheiro na forma camuflada de um cordeiro.

Homens que querem sempre mais, esquecem de olhar pra perto, esquecem o que já conquistaram, e deixam de cuidar do que lhes pertence pra desejar o que é do outro....até encontrarem o fim.

Prefiro agora ficar com meus pensamentos, sonho com a vida, me esqueço de viver, as palavras perderam o sentido, sinto um cansaço de todas as coisas, ouço o silêncio dos meus pensamentos...mas queria mesmo ouvir nossa música e voltar a acreditar naquelas palavras.
Agora seus olhos não me dizem nada, suas mãos já não podem mais me tocar, seu silêncio deixou de ser o melhor, seu silêncio me tortura....e meu coração foge de tudo que me traga vc, pra não encontrar a ....solidão!

lu do dia
Enviado por lu do dia em 12/09/2006
Código do texto: T238477

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
lu do dia
Campinas - São Paulo - Brasil
20 textos (1769 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:55)
lu do dia