Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NUNCA PARA

NUNCA PARA... NÃO COMPREENDO, NADA COMPENSA,
A MENTE SE TORNA APENAS UMA PESSOA
O TEMPO TODO NADA SE FAZ TRANQUILO EM NENHUM MINUTO, TANTA DISCUSSÃO TANTOS FORAS E SÓ UMA PESSOA
O MUNDO SE TORNA A TOA, TUDO QUE SE ESPERA TANTO É APENAS CARINHO NO ENTANTO SOZINHO.SERÁ QUE COMPENSA TENTAR MUDAR OS ERROS
E O QUE SE QUER É TÃO POUCO APENAS ABRAÇOS BEIJOS .
INFELISMENTE NÃO SOU CORRESPONDIDO E EXISTE A INCERTEZA
VAI TÃO LONGE A MENTE CHEGA TÃO PERTO ...
A DOR ALERTA E O CORAÇÃO INERTE AO VAZIO DO EGO CHORA
E NUNCA PARA...
ONDE ESTÁ O ERRO OU O ACERTO SE TANTAS VEZES TUDO SE INVERTE
TUDO É POUCO E O POUCO PODE SER MUITO
UM ERRO NÃO JUSTIFICA O OUTRO NÃO HÁ VENCEDORES SÓ PERDEDORES QUANDO SE BRINCA COM AS PALAVRAS
ESTOU TÃO TRISTE E TÃO PERDIDO QUERIA MUITO QUE ALGUÉM GOSTASSE DE MIM
MAS SÓ EXISTE O VAZIO
SOMENTE EU SOU TÃO TOLO
A PONTO DE GOSTAR DE OUTRAS PESSOAS
E NUNCA PARA ...
GOSTARIA MUITO DE TER PAZ
SEM MEDO DO SINGELO MEIGO E BELO AMOR.
valdemir pedroso
Enviado por valdemir pedroso em 15/09/2006
Código do texto: T241062
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
valdemir pedroso
São Paulo - São Paulo - Brasil, 49 anos
113 textos (6933 leituras)
14 áudios (521 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 17:05)
valdemir pedroso