Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu apenas queria saber...

Por que, no meio de tanta gente, entre amigos, colegas, conhecidos, eu me sinto tão solitário e vazio?

Por que, em tudo o que faço, não chego a ser nem bom, apenas um ruim, ou até mesmo o pior?

Por que não sou procurado para conversar, entrar em uma rodinha de amigos, me “enturmar”?

Por que toda garota me acha apenas mais um chato, ou então apenas um bom amigo?

Não sei o que há de errado comigo. Talvez sejam os outros, nunca se sabe, mas é muito fácil culpar alguém pelo que há de errado, e me esquecer de que também tenho os meus defeitos e culpas.

Não é que eu queira ser popular, famoso, importante. Apenas queria ser quem sou, que todos me conhecessem como sou, sem máscaras, sem ilusões, sem falsidades.

Algumas vezes me sinto deprimido, chateado, infeliz. Há algum tempo, me disseram que era porque eu tinha alma de artista. E a arte deixa o sangue mais triste, amargo, mais difícil de ser suportado.

De certa forma concordo, pois minha arte, pelo menos como penso, é escrever. Não possuo um estilo literário próprio, escrevo de várias formas diferentes, tudo depende do tema, da ocasião, do sentimento.

Não é que eu queira reclamar, dizer que sou uma pessoa triste, que sou infeliz em tudo. Eu sou feliz, e muito. Escrevo, converso, trabalho, estudo, saio... mas sempre fico triste, de repente, sem motivo aparente. Sou pego de surpresa por uma nuvem tóxica de depressão que chega sem aviso algum e logo me infecta, me deixando deprimido em questão de instantes, e sem nenhum motivo superficialmente aparente.

Milhões de perguntas surgem em minha cabeça, e eu apenas gostaria de sabre por que elas surgem, quais suas respostas, e por que eu.

Acho que, em toda a minha vida, a coisa que unicamente faltava era saber. Saber por que sou assim, dessa forma. Por que o mundo é como é. Onde é o meu lugar nesse mundo. Por que estou aqui, e pra que vivo, qual meu objetivo, minha meta.

Eu sei que existe uma resposta, e eu vou em busca dela, e eu sinto que, quando souber a resposta, poderei viver melhor, e com certeza evoluir como pessoa, evoluindo também tudo à minha volta.
Eduardo Setzer Henrique
Enviado por Eduardo Setzer Henrique em 22/09/2006
Código do texto: T246436
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Eduardo Setzer Henrique
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 32 anos
56 textos (3144 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 04:43)
Eduardo Setzer Henrique