Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta para um amor..

             

EU, VOCÊ, COPACABANA.


Dizem que tu és a princesinha do mar. Sei que tua beleza é natural, é pura. Mas  os anos se passaram. Já não és tão jovem.  A corrupção e a  intolerância chegaram a ti.

Olho para sua beleza juvenil. Olho a mim mesmo. Olho para nós, para nossos entes queridos, para nossos filhos. Estou cada vez mais velho, e você cada vez mais jovem, mesmo que tenha milhares de anos. Sua beleza me fascina, me encanta. Como és linda Copacabana!

Sinto na pele o toque suave de seu sussurro. Seu sopro de juventude, refrescam o corpo e alma, me deixando alegre, mesmo que não esteja neste momento.

Falta em mim, todos os meus amores. Falta em mim, a presença de minhas extensões  humanas. E isso, não pode me dar Copacabana.

Um dia querida, estarei aqui contigo a caminhar, por estas areias claras e quentes, neste mesmo lugar onde estou a caminhar.

É gostoso sentir sua presença, mesmo que esteja longe, mesmo que esteja tão perto do meu e teu coração. É gostoso saber que está ao meu lado minha querida Elisabeth.


                                           
             Rio de Janeiro, 19 de janeiro de 2003-13:30.

geraldo rosa
Enviado por geraldo rosa em 08/10/2006
Reeditado em 19/06/2007
Código do texto: T259059
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
geraldo rosa
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 55 anos
60 textos (4851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:23)
geraldo rosa