Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

*** AGORA, JÁ NÃO SEI... ***

ACORDEI...
E AINDA DEITADO FIQUEI SENTINDO AQUELA IMENSIDÃO AO MEU REDOR,
O MUNDO PARECIA-ME AINDA MAIOR,
E OS LIMITES FÍSICOS PARECIAM-ME INCOMENSURÁVEIS.
HAVIA DECIDIDO QUE HOJE SERIA O FIM...
DE UMA ERA... DE UMA ESTÓRIA... DE UM SONHO...
DE TUDO AQUILO QUE UM DIA ALMEJEI CONQUISTAR.
SERIA O FIM DO SONHO, E NÃO DA VIDA...
AINDA QUE ACREDITASSE QUE MINHA VIDA ERA VOCÊ!
DE OLHOS FECHADOS, PODIA SENTIR A CLARIDADE ENVOLVER-ME...
E ESTRANHAMENTE AGORA AOS MEUS SENTIDOS TUDO ERA POSSÍVEL,
SENTI-ME COMPELIDO A TRANSFORMAR O PENSAMENTO EM PALAVRAS,
QUE NUNCA TOCARAM VOCÊ...
MAS QUE SIGNIFICAM MUITO PARA MIM.
HAVIA PERCEBIDO QUE O FIM NÃO É APENAS DOLOROSO...
É TAMBÉM INSPIRADOR,
JÁ QUE REVOLVENDO AS LEMBRANÇAS, EMOÇÕES E SENTIMENTOS CONSOMEM-ME INTENSA E PLENAMENTE.
DE OLHOS FECHADOS, POSSO ENXERGAR O QUE NUNCA CONSEGUI VER...
E DESCUBRO QUE NUNCA PODERIA CULPAR-LHE,
NUNCA PODERIA RESPONSABILIZAR-LHE PELOS MEUS EQUÍVOCOS,
PELA MINHA ARROGÂNCIA EM ACREDITAR QUE O SONHO FOSSE POSSÍVEL.
DESCUBRO QUE NUNCA PODERIA QUERER ALCANÇAR SEU CORAÇÃO...
PORQUE SIMPLESMENTE SEMPRE FUI INCOMPETENTE NESSE ASSUNTO,
SEMPRE FUI VÍTIMA DE MINHA INCAPACIDADE...
TALVEZ, AGORA TENHA TEMPO DE CUIDAR DE MIM...
DEPOIS DE TANTO TEMPO TENTANDO CUIDAR DE VOCÊ;
OU MELHOR, DEPOIS DE TANTO TEMPO TENTANDO SER EM SUA VIDA O QUE NUNCA PODERIA SER.
AO SEU OUVIDO, MUITAS VEZES FALEI DE AMOR... DE SENTIMENTOS... DE EMOÇÕES...
QUE NUNCA FLORESCERIAM, QUE NUNCA FRUTIFICARIAM, QUE NUNCA DEIXARIAM DE SER UMA UTOPIA EM MINHA VIDA.
CERCEI-ME EM UMA REDOMA, EVITANDO TER PESSOAS EM MINHA VIDA APENAS ESPERANDO POR VOCÊ...
ESPERANDO QUE ALGUM DIA VOCÊ ACREDITASSE EM MIM...
QUE CONHECESSE A MINHA VERDADE,
MAS INFELIZMENTE NÃO FOI ASSIM,
E DE PRINCESA TRANSFORMEI-A EM MEU CARRASCO...
EM MEU MARTÍRIO PESSOAL... EM MEU CALVÁRIO...
E CULPAVA-LHE PELO MAL QUE INSISTIA EM SENTIR E EM VIVER.
MAS DESCOBRI QUE A CULPA ERA APENAS MINHA...
POR QUE FIQUEI CEGO... SURDO...
E NÃO COMPENSEI O QUE SENTIA COM UMA DOSE DE RAZÃO.
DE OLHOS FECHADOS,
POSSO SENTIR QUE AINDA SINTO-ME PRESO À ESSAS EMOÇÕES E SENTIMENTOS...
MAS LONGE DE VOCÊ, SEI QUE PASSARÁ,
TUDO PASSA... TUDO SE ESVAI DIANTE DA PLENITUDE DO TEMPO.
HOJE, DEITADO DE OLHOS FECHADOS...
SINTO A ESCURIDÃO QUE EXISTIA EM MIM EXTINGUIR-SE,
E AINDA QUE SINTA-ME SOZINHO EM MEIO A IMENSIDÃO...
OUTROS DIAS VIRÃO...
E ALCANÇAREI MEU PORTO SEGURO ALÉM DA TEMPESTADE QUE CONSUMIA-ME... E QUE INSISTIA EM MANTER AO MEU REDOR.
NÃO POSSO DIZER QUE NÃO GOSTO DE VOCÊ...
QUE TUDO ACABOU...
POR QUE A VIDA NÃO É UM FILME,
MAS POSSO MANTER-ME LÚCIDO DIANTE DE MEU DILEMA,
LÚCIDO COMO NUNCA IMAGINEI PODER REALMENTE SER OU SENTIR-ME.
HOJE, ESSAS PALAVRAS SERÃO MEU ALICERCE...
PARA VENCER MEUS MEDOS E DORES,
PARA SUBJUGAR ESSA FORÇA QUE CONSOME-ME,
QUE MUITOS DENOMINAM-LHE DE PAIXÃO,
MAS QUE DESCOBRI SER APENAS OBSSESSÃO.
UMA OBSESSÃO...
DE PROVAR PARA VOCÊ QUE MERECIA...
QUE SEU JULGAMENTO ERA PRECIPITADO...
DE PROVAR-LHE QUE ESTAVA ENGANADA...
DE MOSTRAR-LHE QUE NÃO ERA COMO VOCÊ PENSAVA...
MAS AGORA SEI,
QUE NÃO PRECISO PROVAR NADA PARA VOCÊ.
NÃO PRECISO JUSTIFICAR MINHAS ATITUDES E COMPORTAMENTO...
NÃO PRECISO MOSTRAR-LHE NADA...
POR QUE SEI QUE É PRECISO MAIS DO QUE VER,
É PRECISO SENTIR A VERDADE... É PRECISO QUERER A VERDADE...
PARA QUE ENFIM, TUDO POSSA FAZER E TER UM REAL SENTIDO.
MAGNUM
Enviado por MAGNUM em 25/10/2006
Código do texto: T273209

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MAGNUM
Estados Unidos
43 textos (7409 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:13)
MAGNUM