Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Aos meus irmãos poetas e poetisas



Aos meus irmãos poetas e poetisas

Lindos amigos (as) poetas me perdoem a distancia que causei entre eu e vocês, mas é que estou passando momentos bem amargos de duvidas certas e de incertezas exatas e
Neste momento de depuração do meu coração não gostaria de dividir com vocês que são tão preciosos para mim.
Meus amados amantes da poesia que trazem na poetização o sofrer a mais bela emoção
Com certeza me entenderão.
Perdoe-me padrinhos e madrinhas que me batizarão com tão lindos comentários creio que muitas vezes não merecidos, mas foram esculpidos por mãos amorosas, e , eu lia com ditosa emoção, numa gostosa dilatação do coração cabiam todos vocês e por isso mais uma vez eu venho lhes pedir perdão da fraqueza que sinto agora e por sangrar meu coração.
Esta é a penas uma missiva em prosa, não é poema por isso não tem seguido refrão e nem métricas por não pode medira a extensão, só apenas dizer-vos a dor do meu coração.
E a todos vocês um bj poético no coração.
Landell
Enviado por Landell em 17/11/2006
Código do texto: T293783
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Landell
São Paulo - São Paulo - Brasil, 58 anos
88 textos (7936 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:43)
Landell