Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta ao Senador Arthur Virgilio

Atenção!!!!!
Esta carta foi escrita por uma questão de bom senso e patriotismo. Não estou defendendo politicas e nem políticos...apenas acho que nosso Brasil precisa ser respeitado.

Senador Arthur Virgilio,

 Sou Augusta Schimidt, professora, casada com Gerson Schimidt, aposentado , Administrador de Empresas desempregado e mãe de dois filhos.
Como vê, senador, sou uma brasileira comum como tantos outros, mal paga pela profissão que abracei, porém, tranqüila com minha consciência.
Digo tranqüila porque embora eu seja uma braçal da educação, pobre como a maioria dos brasileiros, Amo meu País. E por amar o meu país, abomino homens  como o senhor senador que ao contrário de minha família, tem uma excelente posição profissional – financeira e apesar disso não tem respeito pelo Nosso País e nem discernimento de ética, moral e bons costumes.
Ética o senhor não tem pois não sabe respeitar seu presidente que quer queira ou não ele É o presidente deste Brasil que te abriga, paga e suporta.
Moral o senhor também não tem pois um homem de moral jamais faria o que o senhor fez na mídia. Seu telhado acaso é de vidro, Senador?
É certo que a educação que lhe falta vem de berço e essa o senhor não pode comprar em farmácias nem nas escolas que freqüentou.
Mas uma coisa o senhor fez de bom, provou a milhões de brasileiros que Universidade não dá berço nem experiência a ninguém.
Como quer o senhor reivindicar postura do Presidente sendo o senhor quem é?
Como pode o senhor, com sua ira descontrolada, insana, reivindicar publicamente qualquer ato de Nosso Presidente sendo que seu comportamento denota descontrole mental absoluto, o que demonstra não estar o senhor em seu juízo perfeito?
Senador, é lamentável saber que meu país conta com espécimes de sua laia,  que infelizmente temos que ver e ouvir.
O que o senhor pretende Senador?
Cobrar do Presidente Lula decoro?
Inteligência, eficiência?
Bem senador, inteligência ele já provou que tem e eficiência o tempo dirá. Quanto ao decoro, esse cabe à corregedoria julgar.
Senador, destempero não governa um país. Histeria também não.
Torço para que tudo se esclareça e que todos os culpados sejam punidos, inclusive o senhor por seu ato de desrespeito à autoridade máxima de Nosso Brasil.
Não lhe digo meus respeitos porque o senhor não merece o meu respeito a menos que se retrate publicamente como o fez ao ofender o presidente.
Até que isso não aconteça digo simplesmente
Atenciosamente

Augusta Schimidt

www.augustaschimidt.prosaeverso.net
Augusta Schimidt
Enviado por Augusta Schimidt em 19/07/2005
Reeditado em 20/05/2009
Código do texto: T35772

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Manter creditos e formato original). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Augusta Schimidt
Campinas - São Paulo - Brasil, 66 anos
366 textos (532058 leituras)
4 e-livros (6968 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:00)
Augusta Schimidt

Site do Escritor