Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Minha filha,

Comemorar seus 25 anos, é para minha pessoa, uma grande dádiva que Deus acaba de oferecer. Poder ficar com você estes dias, acompanhar seus primeiros passos nesta nova etapa de sua vida, não tem preço, pois valores nunca serão consumidos e sim sentidos.
Quando falei em primeiros passos, recordei aqueles que você deu, quando deixou de arrastar o bumbum no chão e, se erguestes em suas perninhas torneadas e bambas, procurando o equilíbrio...Ainda lembro o seu olhar de encontro ao meu, inseguro e ancioso, mesmo sabendo que, a confirmação que procuravas, com certeza encontrarias, pois estaria em você mesma.
Você é uma grande prova do meu amor para comigo mesma, em você encontro-me, realizo-me, confirmado em cada dia que nasce e em cada  por do sol, a beleza de viver, de amar e de saber o quanto tudo que dediquei a você minha filha, foi, é e será, para a eternidade o ato mais sublime, cometido pelo encontro entre seu pai e eu.
Lembrar daquelas noites acordadas com você no colo, doentinha a chorar, ainda hoje fico emocionada, porém meu coração pula de alegria por ter sido sempre uma vencedora e nunca vencida, como sempre será em todos os momentos de sua vida.
Fostes por três vezes desenganada, os médicos me consolavam, afirmando que só um milagre, poderia devolver a sua vida, diante de uma saúde tão debilitada.
Você é forte, é guerreira e nada deixou enfraquecer o seu foco.
Sei o quanto sou pesada para o seu colo, mas não medistes esforços, quando nele deixastes eu sentar, deitar e chorar,recebi todo apoio desprendido, quando me acolhestes, nas minhas mais dolorosas dores de depressão, pela passagem daqueles tão sofridos dias, da viagem para a eternidade de seu amado pai.
Obrigada minha filha. Lembrando que não entendo minha vida antes de seu nascimento, quanto tempo disperdicei, já que quando você nasceu, eu tinha trinta e cinco anos, se soubesse o quanto é gratificante, relevante, imprecindível, incomparável, sensacional a emoção, a felicidade de ser mãe, de ser sua mãe, teria nascido junto com você, aí sim, eu teria sido a mulher, muito mais, feliz do mundo!E foi isso sim que aconteceu, só comecei a viver quando do seu nascimento, eis a mulher muito mais feliz do mundo!
Nunca irei deixar você esquecer de mim.  
tuka bella
Enviado por tuka bella em 05/09/2012
Código do texto: T3866495
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tuka bella
Fortaleza - Ceará - Brasil, 61 anos
447 textos (31031 leituras)
1 e-livros (24 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 31/10/14 19:29)
tuka bella



Rádio Poética