Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Bom dia meu amor!

A tua presença na minha vida assinala um percurso novo e inesperado. Tu preenches meu coração e me dás alegria de viver, me dás o amor que me faltava.

Todas as vezes que vejo as tuas fotos me inspiras tanta ternura e tanto desejo de proteger-te, de ter-te nos meus braços, como se tu fosses uma menininha sem mãe.

Existe uma canção, que quando a escuto me traz a mente tu, minha pequenina Clara, uma doce menina sempre meditativa, é uma canção que enviarei a ti.

Escondido do outro lado da casa, silencioso penso em ti. Um espelho reflete a tua imagem de rosto doce e melancólico, esta imagem me toca o coração.

Quanta vontade tenho de ter-te nos meus braços meu amor, quanto desejo de beijar-te os olhos, os teus belos lábios que não se abrem ao sorriso.

Gostaria de beijar-te o rosto e encontrar nele o perfume das rosas, pousar minha mão docemente sobre teus cabelos negros, para sentir a maciez de seda do Oriente onde entre o perfume de jasmins, magnólias e incensos, vive a mulher do meu coração, a minha Clara, o meu suspirado amor.

Pensarei em ti até à noite e depois recomeçarei a pensar-te como sempre faço e como me vem melhor.

Aproxima-te um pouquinho, desejo sentir qual o sabor que os teus lábios têm hoje. Hummm!!!!! Possuem o sabor de baunilha e mel?

Te amo,

Enzo

(Carta da série "Um amor Siciliano")
Hull de La Fuente

Hull de La Fuente
Enviado por Hull de La Fuente em 24/07/2007
Código do texto: T578157
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hull de La Fuente
Brasília - Distrito Federal - Brasil
2515 textos (345715 leituras)
2 e-livros (164 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/14 06:41)
Hull de La Fuente



Rádio Poética