Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA EMOÇÃO TÃO BOA DE SENTIR

           

           "E O MEU CORAÇÃO EMBORA,
            SINTA FAZER MIL VIAGENS,
            FICA PARADO, BATENDO,
            NAQUELA ESTAÇÃO..."


 (A você... "primavera anunciada" )

Entrar em contato apenas virtual e a partir daí chegar a tal envolvimento, é uma experiência totalmente nova, embora as motivações sejam resultado de muitas vivências e provavelmente de uma aridez, de um estado de solidão em que me encontrava. E  nem sabia, mas já havia "canteiro plantado" pronto pra florescer, bastava que uma chuva muito especial viesse despertar a vontade das plantas de novamente brotar de sementes esquecidas, mas teimosas, inconformadas até, quando tudo já parecia estar resolvido em minha vida. Mas elas precisarão de muita vitlidade para seguirem crescendo e pra que o fato de terem sido despertadas para a vida não venha a ser um esforço vão. Negar a si mesmo a possibilidade de ser, talvez seja o ato mais imoral que alguém possa praticar nesta vida. Foi algo assim que disse Clarice Lispector e sou obrigada a concordar com ela.   E vontade de escrever mais, inclui vontade de ler sempre mais e isso é suficiente para suprir a necessidade "específica" que eu também sinto em relação a você.   Bem que eu dizia sobre os fechos das cartas, "isso não vai dar bom resultado", lembra disso? E já temos coisas a lembrar, assim, sem sequer ter nos olhado por um instante sequer? E tantos beijos escritos na fria tela, parece que de repente vão perdendo a força , por tanto se repetirem , sem nunca realmente terem sido trocados? Beijo em pensamento, gosto de saudade do nunca experimentado, palavras surgindo da ponta dos dedos e da vontade de ser com o outro, e madrugada fria e vôo cego em linha reta , estaremos "jogando de olhos vendados"? E eu neste labirinto sem achar a melhor forma de me despedir? Uma despedida de corpos não presentes, suspensos na linha sutil dos desejos que apenas espiam temerosos pelos vãos de janelas e lá permanecem esperando...esperando...
                                    000 *** 000
                   
Ao ler você hoje, fui até a porta e lá estava o céu como sempre esteve, mas de um azul incrível. Parei e olhei de verdade para aquela imensidão, quando dois beija-flores surgiram naqueles volteios, indo direto à laranjeira. Fiquei atenta e vi ao mesmo tempo em que pousavam, que havia tantas flores brancas e pensei que não poderia haver um quadro mais lindo e a prova incontestável de que a primavera estava dando seus primeiros sinais. Na natureza e dentro de mim. Um céu totalmente novo me diz que boas novas serão trazidas pelos ventos do norte.
Quando criança a gente adorava o tal "vento norte". Ele, ao contrário do minuano gelado, cortante, era morno, estranho, misterioso e corríamos ao redor da casa abrindo os braços, "vento norte"," vento norte"... Espero esse vento pra correr novamente de braços abertos dando risada, vento norte...

                          *****************

E que ventos tão amanhecentes estão soprando ligeiros, tal que sempre ao chegar a esta janela, só recebo em meu rosto uma vaga brisa com cheiro de ervas denunciando que os ventos que por aqui recém passaram, machucaram com carinho a vegetação ainda orvalhada das quatro horas da manhã?
. Se pudesse imaginar quantas vezes, neste curto espaço de tempo,intenso é verdade, eu desejei vislumbrar naqueles escritos alguma coisa que de leve pudesse ter a ver comigo?  Fiquei mesmo muito triste, queria tanto que tivesse sido escrito algo  pra mim... Mas tinha a tal mulher de olhos claros, quem seria? E uma prosa onde você escreveu, "pra você, naturalmente". Quem seria?
E agora, todas as peças se encaixam . E não é que eu vou ficar convencida de que sempre que quero muito uma coisa ela acontece? O meu pensamento mágico parece ter respaldo com as divindades...
E  olha, até ja começo a chorar, que coisa não é? Mas que emoção tão boa de se sentir!

******************


tania orsi vargas
Enviado por tania orsi vargas em 22/08/2007
Reeditado em 06/04/2008
Código do texto: T619019
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
tania orsi vargas
Taquara - Rio Grande do Sul - Brasil
758 textos (51017 leituras)
4 áudios (519 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 07:05)
tania orsi vargas