Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta

Escrevo isso na esperança de que alguma forma chegue aos seus ouvidos, ouvidos nos quais teria sussurrado as mais belas poesias.

Espero que você fique sabendo que te amei como jamais amei nenhuma outra, se você tivesse me dado à oportunidade de conhecê-la melhor tenho certeza que nossa história seria diferente, por meus olhos não correriam lágrimas e ao contrário meu sorriso iluminaria as trevas.

Espero que você não sinta arrependimento ao ler isso pois às coisas aconteceram como deveriam ter acontecido, não quero sua compaixão, não quero sua pena, quero somente que isso chegue aos seus ouvidos porque sonhei com você, chorei por você, lutei por você, escrevi pra você e teria movido montanhas por você, admito nesta carta que te amei e que sua rejeição doeu muito, tentei superar mas o tempo não curava, os braços de outras não me aqueciam e os lábios delas não me satisfaziam, alguma coisa me impedia e ainda me impede de amar as outras como amei você.

Espero que esta carta se necessário rode o mundo mas que  venha parar em suas mãos e que quando leia não se arrependa do que perdemos, espero simplesmente que entenda o quanto te amei, talvez você não queira reconhecer que foi você quem causou tanto dor, mas é para você que escrevo estas palavras, espero que isso chegue em suas mãos.

Sinceramente daquele que te amou cada dia como se fosse o último!
Paulo Gomes
Enviado por Paulo Gomes em 24/08/2007
Código do texto: T621379
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
107 textos (3123 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 14:29)
Paulo Gomes