Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Carta Para Você

Meu caro

Minha natureza me impede de ser natural.
E o que é natural? Você pode me responder?
Para ser sentido, tocado, visto, preciso vender meus heróis, minhas heroínas e meus ideais?
Qual o sentido nisso tudo? Diga-me.
Qual preço pagou por esta conformidade de não ser quem é, de não mais reconhecer o que vê no espelho, e mesmo assim sorrir?
Desse eterno ver sem olhar, olhar e não ver.
Então me ensine qual a verdadeira regra, que desde o inicio dos tempos prova o que “ser natural” realmente significa, que devemos ser assim como todos são.
Quero ser igual a você.
Então por favor me ensine a hipocrisia, de concordar com o que não concorda, de rir de algo que não entretém, de dizer o que não se realmente pensa, de ajudar alguém sem vontade de fazê-lo, de não ajudar mesmo que se tenha vontade.

Fico no aguardo da sua resposta, mas já aviso que não acreditarei em nada que me disser.
Antonio Basrha
Enviado por Antonio Basrha em 29/08/2007
Código do texto: T628973
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Basrha
São Paulo - São Paulo - Brasil
18 textos (714 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 13:25)