Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO O AMOR AS VEZES FAZ NOS SOFRER

Por que me deixastes
aqui em total escuridão,
depois que fizestes
juras de amor e paixão?

Você falou que seria para sempre,
e agora vais embora.
Por quê?
Ainda há amor por mim, em seu olhar.

Fico vivendo na escuridão
com a esperança de ver você voltar
com a esperança de uma reconciliação
querendo que você venha me amar.

Quando a noite chega,
e olho para o meu lado,
o que vejo é nada,
é você que está faltando.

A cada vez que na porta batem.
A cada vez que o telefone toca.
A cada vez que ouço de ti falarem.
Meu coração sai em descompasso ele dispara.

A cada dia que passa,
perco um pedaço do meu partido coração,
mas nunca perco a esperança
de que você venha, me tirar da solidão.

Vou esperar por você
nem que tenha que esperar pro resto de minha vida
pois meu único amor de hoje e sempre é você
sem você eu não sou nada.



É como se o único motivo,
de viver sem você,
fosse um eterno sofre,
fosse um eterno descontentamento.

Há como o amor as vezes faz nós sofrer tanto.
Paulo Lemos
Enviado por Paulo Lemos em 14/09/2007
Reeditado em 25/09/2007
Código do texto: T652089

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo Lemos
Rio Grande - Rio Grande do Sul - Brasil
25 textos (1866 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 01:53)