Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tudo o que eu deveria dizer e não disse

Eu deveria ter lhe dito desde o começo que a sua presença me incomoda, pois o jeito como se faz presente não é como eu gostaria que fosse.
Eu deveria ter lhe dito desde o começo que as suas palavras me machucam, pois quando elas chegam aos meus ouvidos não soam como eu queria que soassem.
Eu deveria ter dito desde o começo que simplesmente pareço ser o que não sou.
Eu deveria ter lhe dito que sou de muitas pessoas e muitas pessoas pertencem a mim, assim sendo, não posso ser sua por inteiro, assim como será meu.
Eu teria dito a você o que meu coração não sente, e o que a minha mente não pensa apenas para deixar-te mais tranquilo consigo mesmo.
Eu teria ficado mais tranquila comigo mesma se pudesse olhar-te nos olhos e dizer-te que todas as coisas que passei com ou sem você me fizeram ser quem sou, boa ou ruim, feliz ou triste, competente ou não.
A minha vida já faz-se parca de sentimentos e histórias, amores e desamores. Empobreci de razão.
Depois de todas as coisas que já foram ditas e todas as coisas que ainda estão por se dizer, a única coisa que não deveria ser denunciada seria o sentimento de um inconsciênte burro, infeliz e eterno.
Que as suas palavras sejam ditas com sabedoria, e que nunca se arrependa delas, pois eu já me arrependi das minhas.


Ludmila Siviero
Enviado por Ludmila Siviero em 23/09/2007
Código do texto: T665328

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ludmila Siviero
São Paulo - São Paulo - Brasil, 26 anos
68 textos (28317 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 20:52)
Ludmila Siviero