Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Declaração de Amor

         Agora você reside em minha mente. Aos poucos, construiu tua morada e com seu jeito singular tomou posse do teu reduto. Chegou sorrateiramente, e hoje passeia faceira pelo meu imaginário. Te desejo por inteira. Inteiramente em meus braços, corpo e alma. Uma fantasia que toma conta de mim. Não há refúgio, nem refrigério!
         É você, menina-mulher, que povoa meus sonhos à noite. Sempre a vejo sorrindo e se apresentando a mim em sua forma original. Esta mesma que me leva às estrelas e me transforma em soberano. Tens o dom de me engrandecer. Quando se aproxima eu sou teu deus. Para ti, reservo o mais sublime recôndito do meu ser, como altar. A ti, rendo graças, prosto-me a teus pés, como reverência. Por ti, se os anjos do céu me concederem esta dádiva, subo ao mais alto patamar e canto aos ventos a mais bela canção celestial.
          Mas, escrever-te em palavras é limitar a magnitude de um sentimento. Nem o mais grandioso poeta conceberia a poesia perfeita para te homenagear. Nem Da Vinci ousaria criar a imagem de tua presença em mim. Pois, saiba que coisas há que pertencem à alçada do indizível, do inefável e do inimaginável. Não cabe a mim dizer ou explicar. Apenas, revelo-te em esboço, uma parcela do que acontece em meu interior.
          E para não delimitar tanto, me atenho a estas humildes palavras. Bastava dizer que te amo. Mas, você sabe. Tenho mania de poeta e deveras gostaria de dedicar-te um volume completo. Fico, por ora, com esta simples missiva. Desejo que no seu coração, já exista a centelha de mim e que esta seja o combustível para que se propague o fogo que arde sem se queimar. E que, enfim, o sonho possa se realizar...
Leandro Ferbatty
Enviado por Leandro Ferbatty em 26/09/2007
Código do texto: T669707

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leandro Ferbatty
Bom Despacho - Minas Gerais - Brasil, 33 anos
40 textos (5329 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 16:45)
Leandro Ferbatty