Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

..."Ser a felicidade por si mesma, será tudo quanto basta"...

E apesar de tudo...
Ainda dou por mim a esperar,
Por vezes a sorrir...
Talvez um dia volte a acreditar
Nesse lindo presente que me soubeste dar
Uma razão para em frente seguir...
 
Mais do que o teu conselho escutar,
Dele prometo em minha musica guardar
Toda a certeza, cada olhar,
Porque sei hoje ser esse meu dever,
Meu direito de viver.
 
Sei que este meu inconstante ser
Não é fácil de perdoar,
E que nesta forma de existir
É dificil confiar...
Mas acredita que não finjo,
Não minto,
Quando te dou tudo aquilo que de mim tenho para dar...
Tudo...
 
Palavras simples, Desajeitado amar,
Versos improvisados nascidos sob o luar...
Ser espontâneo que não esquece o que é sonhar,
Alma sofrida ansiosa por aprender,
Por descobrir a verdadeira razão de ser.
 
Aquela que em si mesma se perdeu,
E para o mundo se declarou perdida...
Sentimento puro e sincero,
Um pretexto para ver renascida
A amizade que um dia conheceu.
 
Estranhos caminhos os do coração...
Não em vão foram tais palavras proferidas...
 
Mas não menos verdade será dizer,
Que de armadilhas estão repletos nossos pensamentos,
Que em tristes e crentes julgamentos
Nos fazem desejar o que não queremos,
Viver o que não somos,
Acreditar no que não seremos.
 
Não o permitas...
E para isso, ser a felicidade por si mesma, será tudo quanto basta.
NSininho
Enviado por NSininho em 27/09/2007
Código do texto: T670446
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
NSininho
Portugal, 29 anos
9 textos (283 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 08:46)
NSininho