Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Táxi

Fechei a porta, sai de casa pois quero tirar tudo o que tenho nesta cabeça e que não me consigo abster. Chamei um táxi, pois não tenho maneira de te levar a um sítio especial.
O Taxista olhou para mim e disse: “Para onde?”
E eu respondi: “Para junto do meu amor”
“Mas isso é onde?” – retorquiu
“É aqui no meu coração...”
O homem velho e sábio olhou para mim e disse:
“Para essa estrada sinuosa eu não te vou levar, muitas curvas e contracurvas vais ter de percorrer...sozinho e abandonado vais ter que provar a ti mesmo e aos outros aquilo que tu és! Sentes-te triste, solitário…pensa nos motivos que te levam a esse estado de espírito e se esses motivos forem dignos de permanecer no teu coração...tira-os apenas do pensamento pois um dia eles voltarão. Não te olhes ao espelho pois não vais gostar daquilo que vais ver, vive a vida comemorando os sonhos que realizaste e perseguindo novos sonhos que nunca devem acabar. Não penses que sabes quem és, dentro de ti há mais do que podes imaginar e um dia vais perceber que valeu a pena percorrer, sozinho, a estrada por onde eu não te quis levar”
pikitito
Enviado por pikitito em 29/09/2007
Código do texto: T673919

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
pikitito
Portugal
18 textos (1065 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 06:40)
pikitito