Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Confissão

Essa carta foi gerada por uma paixão intensa que foi eterna, enquanto durou!

Meu Anjo, em 22/09/2002

Obrigada por tu investires em mim, por achares que eu posso ser a tua outra metade ... eu até já consigo pensar assim ... é o efeito da segurança que tu me passas. E isso me faz bem!
Tu acrescentaste à minha alma, teus predicados exclusivos, iluminaste meus passos rumo ao meu próprio coração, contribuíste para que eu me tornasse um ser humano melhor, mais preparado. Tu já escreveste várias linhas na história da minha vida, e, independentemente do tempo que ficarmos juntos, tu farás parte dessa história para sempre! Pois contigo, eu me sinto mais próxima de mim mesma, e assim sendo, de minha busca pessoal, de minha missão de vida, enfim, da felicidade!
Apesar dos medos e de toda a angústia inerentes a um sentimento tão intenso e imenso, contigo fui capaz de me permitir sentir tudo de bom que tu ofereceste ao meu corpo, à minha alma, ao meu cérebro e ao meu coração. E isso é maravilhoso!
Tu me encantas, foste capaz de despertar algo adormecido há muito tempo dentro de mim, o que me causava enorme descontentamento, despertaste o meu romantismo, item importantíssimo para mim e que se achava recluso na escuridão do meu coração, naquela parte na qual se localizam mágoas, tristezas, decepções ...
Então, tu chegaste com tua doçura e iluminaste esse tal local escuro. Mostrando-me o que é bom, tornaste-me capaz de destruir os sentimentos maléficos que aí existiam, transformando-me novamente em uma pessoa criativa, inspirada.
Tu te tornaste a minha fonte de inspiração, e assim, eu atingi plena conscientização de meu próprio Eu, de minha própria vida. Dessa forma, consegui enxergar cada ferida em mim, como uma forma de nascer para um novo mundo, uma nova perspectiva.
Por tua causa, passei novamente a acreditar em mim mesma, em minhas potencialidades, e apesar de tantas vezes não ser capaz de imaginar, qual deverá ser o próximo passo a ser dado, rumo ao amadurecimento do nosso relacionamento, tu me guias, orientas, ensinas, com a paciência divina dos anjos.
Embora eu acredite que nada na vida acontece por acaso, depois da tua presença na minha vida, compreendo, a cada dia mais, o quanto escolhemos (embora sem saber) as pessoas que entram em nossas vidas.
Porém, mais importante que descobrir essa participação foi perceber que à medida em que eu fui te conhecendo, eu pude, de forma consciente, escolher o melhor, o mais adequado e creio hoje, que és o alguém que mais já esteve em sintonia com meus objetivos de vida; que me faz perceber e reconhecer minhas fraquezas, sempre me mostrando como superá-las; que me faz tomar consciência do que é melhor para mim, sempre me incentivando; que me faz ter coragem diante dos desafios da vida, quando me fala que acredita em minhas capacidades.
Eu te amo!
Anízia Nascimento
Enviado por Anízia Nascimento em 30/09/2007
Reeditado em 30/09/2007
Código do texto: T675153

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anízia Nascimento
São Luís - Maranhão - Brasil, 47 anos
3 textos (3306 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 23:19)
Anízia Nascimento