Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Deixa-me ser EU

Há dias que a gente percebe que não controla o tempo,
Não pára o relógio, e se pergunta...
"O que eu fiz da minha vida?"
Tantas viagens programadas,
Livros que não li, Filmes que não vi
Amigos não visitados.
E os sonhos tão sonhados? Foram mal planejados?

Então, cansei de ser EU...
De ser o EU que você quer ver.
Cansei de ser boazinha, educadinha,
Não sou perfeitinha!

Quero ser EU,
Um eu que grita, que chora, que ri
Que corre e também cansa
Que tem medo, se assusta e por vezes só quer fugir
Ficar o mais longe daqui.

Descobrir o novo,
Ver o que há por de trás nuvens
Encontrar o arco íris
A eterna busca ao pote de ouro

Se não encontrar o ouro, ao menos avistarei o colorido,
Se não ver o brilho, terei o prazer da caminhada
E o eterno orgulho da busca.
Buscarei sempre...

Sempre ser o Eu que desejo ser e não aquele que todos desejam ver


Jaque Melo
Enviado por Jaque Melo em 02/10/2007
Código do texto: T677624

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Jaque Melo
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
35 textos (2085 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/10/17 16:12)
Jaque Melo