Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Última carta de amor

Essa é a última carta que escrevo, pensando, em você.
Esgotaram-se minhas forças, secaram as minhas lágrimas, não sei mais o que dizer.
Queria adormecer, e jamais acordar.
Pois hoje meus sonhos ruíram,
Acabou.
Definitivamente, se foram todas as possibilidades, de eu voltar a ti ver,
E consequentemente de eu te ter, de novo pra mim.
Desabaram os meus castelos...
Perdi o meu chão...
Estava vivendo, me agarrando, a esperança...
A um sonho.
E agora que eles se foram?
O que faço com a minha vida?
O que vou fazer?
Se foram as esperanças... E os meus sonhos....
Sinto o gosto da morte na boca.
Minha cabeça parece que vai explodir.
Você era tudo que eu sempre quis.
O que vou fazer agora?
Que sentido vou dar a minha vida?
Meu Deus ele está em tudo onde eu ando, em tudo que eu olho.
Mais está tão longe de mim...
A história da minha vida parou, desde o dia que te conheci.
No fundo de mim, eu tinha certeza, que você, seria meu,
eu tinha certeza, que um dia teria outra vez você pra mim.
É, acho que não se pode confiar nos sentidos quando se ama.
Oh, dono dos sonhos, luz da minha vida, onde posso te encontrar?
Onde você está?
Por favor, não posso suportar.
É incontrolável a vontade de te ter.
É insuportável a possibilidade, de não mais te ver.
Queria que você pudesse ouvir meus gritos.
O meu clamor desesperado.
Eu só queria um por um pouco de sua atenção,
Uma migalha de seu carinho.
Maldito foi o dia que você entrou na minha vida.
Pois você me mudou,
Hoje não sei o que era antes de te conhecer.
Você mudou meu destino.
Eu estava bem quando você chegou,
e agora o que restou?
Ando recolhendo o que sobrou de mim.
É, a vida brincou comigo.
Eu acreditava que o sentido da vida era o amor.
Mas o amor só me deu: solidão, tristeza, espera, ilusão, angústia
decepção, lágrimas muitas lágrimas.
E muita vontade de jamais entregar o coração á outro alguém.
Por que sempre tenho que sofrer!?
Por que sempre quem perde sou eu?
Você secou as minhas lágrimas, mais não consigo te odiar,
pois só á mim  cabe a culpa,
Eu me apaixonei.
queria saber por que algumas pessoas amam, mais que as outras?
Porque algumas se entregam mais a esse sentimento, enquanto outras
nem sabe o que isso significa.
Não vale mais á pena tentar entender,
Agora resta saber em que direção vou guiar meu coração, já que
eu sei, que na estrada da  minha vida não vou mais te encontrar.
Aryana
Enviado por Aryana em 13/11/2005
Código do texto: T71063
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aryana
Salvador - Bahia - Brasil, 32 anos
30 textos (53278 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:12)