Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IDÉIA PARA EXPULSAR O ANTIGO MORADOR DA CASA VERMELHA

MELHOR REPORTO-ME QUANDO OS GUARDIÃES DA MANHÃ ESTÃO A REPOUSAR, E MEUS DEVANEIOS LIMITAM-SE AOS POUCOS METROS QUADRADOS QUE ME ENCARCERAM A ALMA, NESTE REQUINTADO E BIZARRO SILÊNCIO DA CIDADE DA CHUVA.

LEMBRANÇAS TUAS ME FAZEM SENTIR UM POUCO MENOS SOZINHO, NESTE LUGAR EM QUE O TEMPO JÁ NÃO MAIS É LINEAR COMO QUANDO PENSÁVAMOS, INOCENTEMENTE, À ÉPOCA DA PÓS-LACTAÇÃO DE NOSSO INVÓLUCRO CARNAL, SOBRE LAGOS E CISNES.

COMO JÁ TE DISSE, MATERNAL É O SENTIMENTO QUE ME ACOMETE QUANDO ME LEMBRO DAS VEZES EM QUE ME DEITEI EM TEU COLO, E SENTI O AFAGO DE SUAS MÃOS A ACARICIAREM MEUS CABELOS NA SUAVE BRISA DA MANHÃ, OU NA TEMPESTUOSA ESCURIDÃO VESPERTINA QUE NOS ACOLHE SEMPRE QUE DESEJAMOS VER A CLARA LUZ DE MAIS UM SOL.

UTERINO, TAMBÉM, É ADJETIVO QUANDO MEUS PENSAMENTOS SÃO REMETIDOS AO CALOR DO SEU CORPO...UTERINO, UTERINO, UTERINO... AO CALOR DO SEU CORPO, QUERO DIZER: UTERINO! QUERO GRITAR: UTERINO!!!

QUERO TE VER ENSANDECIDA, E OUVIR SUA DOCE VOZ A ME PEDIR MAIS UM POUCO DE AMOR.
QUERO TE VER A BALOUÇAR SEUS DOURADOS CABELOS E PEGÁ-LOS COM A MAIS SUAVE E CARINHOSA FORÇA BRUTA QUE PUDER... E APERTÁ-LOS, APERTÁ-LOS... BEIJAR-TE AS COSTAS... MAIS UM POUCO... E PREENCHER-TE COM A DUREZA DE MEUS MAIS REMOTOS INSTINTOS, IRROMPENDO CICLICAMENTE NAS ILUSÕES LUXURIANTES QUE INVADEM NOSSOS CORPOS E NOS AUMENTAM O RITMO E A PULSAÇÃO. ASSIM FICAMOS.

MAS, NÃO ME OUÇA FALAR EM PECADO! NÃO HÁ QUE SE FALAR EM PECADO! HÁ QUE SE FALAR EM AMOR...FAZER AMOR.

NO QUARTO DA CASA VERMELHA, QUERO SER O ÚNICO MORADOR...   NO QUARTO RESERVADO A TODOS OS DE MARTE, SÓ HÁ LUGAR PARA UM...

TODAS AS MALAS DO ANTIGO INQUILINO PODEM SER POSTAS PARA FORA... NÃO ESPERE COMPLACÊNCIA... O TEMPO É GRANDE, ASSIM, NÃO HÁ QUE SE TER PRESSA... PORÉM, UMA COISA É CERTA: SÓ HÁ LUGAR PARA UM.

TAMBÉM, NÃO QUERO SER APENAS MAIS UM INQUILINO!!! POR ISSO, PINTE AS BELAS PAREDES, COLOQUE NOVOS QUADROS, PONHA UMA MÚSICA SUAVE... AGORA, HAVERÁ QUEM APRECIE ISSO TUDO...
Piani Lobo
Enviado por Piani Lobo em 09/12/2005
Reeditado em 13/08/2006
Código do texto: T82777
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Piani Lobo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
6 textos (674 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 20:06)
Piani Lobo