Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AO POETA QUE HABITA O MEU CORAÇÃO

Aqui segue uma carta diferente de todas as outras. Não foi escrita a mão, nem datilografada. Não está impressa tão somente aqui, mas se encontra carinhosamente na firma do amor, registrada.
Nela, pensei em colocar muitas coisas... Porém vi, que pouco tenho de novo, pois quase tudo de mim, você já foi informado.
E quis apenas falar sobre amigos, mas amigos que na verdade são abrigos ou templários de amigos... Estes nunca questionam ou duvidam do vínculo espiritual e eterno que comunicam. Há neles algo perfeitamente desperto. Quando se encontram, sabem do que importa mais ou menos. E ao longo da experiência, vão admitindo que sejam muito mais semelhantes que diferentes. E não ousam jamais associar interações que não sejam compatíveis com a realidade do momento.
Amigos, possuem um quê de mistério na alma. Não surgem por acaso, nem se desabrocham para barganhar alguma coisa... Neles cabe o infinito, prevalecendo simplesmente o necessário, para que a admiração obtenha livre arbítrio, ao contemplar a eternidade.
Amigos, não observam a matéria e suas paisagens superficiais. Por que estão além de suas posições, além da idéia original, da dinâmica coletiva, criada e imposta por esta sociedade frívola e incapaz de amar. Pois tudo o que conseguem é condicionar a mente, destruindo toda a sua criatividade.
Amigos, não necessitam de revisão. Nascem completos e oferecem um intercâmbio sem limites imagináveis. Os ganhos são relevantes para ambas as partes e tudo o que possuem são um ao outro...
Na amizade o carinho, a atenção é essencial para transformação do viver. O contato com o afeto sincero, pode elevar toda uma vida. O amor não é algo palpável, que pode ser padronizado ou até mesmo selecionado entre o movimento de uma necessidade. Não está contido na lei da oferta e da procura, nem é algo que caminhe no ritmo de nossos desejos e vontades. Mas, poderá ser a única oportunidade de estarmos inteiramente presentes na vida. É a base sólida de nossa sustentação, é somente através do amor, que alguma lógica pode ser encontrada para fazer sentido.
E aí, você aproveita para me sentir perto. Embora eu saiba que perto é vago, e que dentro é o ilimitado, o natural...Onde realmente estamos... Beijos no teu coração.

Te amo!

Fim desta, Cristina Maria O. S. S. - Akeza.
Akeza
Enviado por Akeza em 10/12/2005
Reeditado em 03/06/2013
Código do texto: T83700
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Akeza
Canavieiras - Bahia - Brasil, 55 anos
2367 textos (403197 leituras)
59 áudios (108005 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 13:54)
Akeza