Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Adeus!!!

   Completamente só... Por mais que hovesse pessoas ao redor, por mais vezes que o telefone toque, gritam meu nome, me chamam. Mas, não é ninguém! As pessoas importantes estão longe, estão além. Amigas? Não existem, eu ouço! Amigos? Esses querem algo mais, eu ouvi. Minha família? Sou eu... Ecoou. Meu trabalho? Pra que? Minha vida? Onde estou? Sou de alguém e não de mim, esqueci o que sou, como sou, do que gosto e do que sou capaz. Esqueci o amor, esqueci os sonhos...
   O tempo passou, e a minha imagem deixou de ser eu, me sentia reconstruída. Era bom... Parecia suficiente. Era igual. Não era eu!
   Era cômodo, fácil, sensato, não era eu! Lembrei de Deus, que também o havia esquecido, senti saudade, lembrei de mim e me vi sorrindo, me vi capaz, retomei sonhos, o tempo parou e aí sim, novamente dona de mim.
   Me olhando como era, me vi chorar e liberta de mim, me fiz sorrir, voltei a amar... Agora, não mais reconstruída mas, refeita posso com dignidade e confiança dizer adeus...
   A música que toca me faz movimentar, girar, me faz pular, cantar, não ouvia mais, não recordo a letra mas, em uma vaga lembrança surge um momento de conforto.
   O som toma conta de mim e lembro que qdo menina espantava as mágoas dançando, louca, danço, danço... Sem parar e repito, Adeus!!!
 
ECF
Enviado por ECF em 14/12/2005
Código do texto: T85971
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ECF
Caraguatatuba - São Paulo - Brasil, 41 anos
6 textos (679 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:50)
ECF