Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

 
ACORDA BRASIL!

 


Nesta estação de humilhação
queria que do peito brotasse
o destemido orgulho varonil
encorajando os homens decentes
deste meu querido Brasil.

Quero ver a Ordem instalada
e viver a Paz tão sonhada!
Preciso que o Progresso chegue rápido,
para o Futuro de uma geração
que morre cada vez mais jovem,
nas mãos sombrias do tráfico
ou em balas voando, pelo céu cor de anil.

Quero o verde das matas se espalhando,
o azul - num manto de estrelas cintilando,
o amarelo - em auroras luzindo
e o branco, lavando a fundo
um tempo tão corrupto e imundo!

Quero ouvir o clamor dos injustiçados
exigindo uma Pátria mais gentil,
justa e limpa.
Acorda Brasil,
solta tua voz!

Vamos traçar um outro caminho
para esta Nação alvissareira,
onde cantava o sabiá
e o vento bailava nas palmeiras.
Quero nas margens plácidas das cidades
ouvir o grito retumbante
de um gigante, que ora jaz deitado
em berço não tão esplêndido!

Quero a conquistada liberdade
de um povo sofrido e trabalhador
aprisionado sem correntes, sem grilhões
nas garras da impunidade,
na falsa democracia da moralidade.

Quero ver o Novo Mundo,
me orgulhar do passado
e ter o direito de sonhar.
Quero seus filhos em brado forte
clamando pela Pátria amada:
-ACORDA BRASIL!
Desperta do teu leito de morte!...

2006

Anna Peralva
Enviado por Anna Peralva em 02/08/2006
Reeditado em 06/01/2013
Código do texto: T207851
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Anna Peralva
São Gonçalo - Rio de Janeiro - Brasil
1582 textos (60699 leituras)
3 e-livros (572 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:55)
Anna Peralva