Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos de Jean e Debora. Parte 3.

O encontro da fada, com o primeiro morador!
.
Em um lugar distante, existia uma cidade realmente incrível. Uma cidade aonde o canto dos pássaros pareciam ser uma doce canção, nessa cidade existia um rio que passava por toda à cidade mas a água daquele rio tinha a cor azul mas ela se tornava cristalina, se fosse tirada daquele chão. Essa cidade encantada existe mas infelizmente, ninguém consegue dizer como chegar até ela... Essa cidade é entre todas a cidade mais bem pensada e mais perfeita, pelo menos era isso que dizia, o Homem que tanto falava sobre ela. Essa cidade encantada carrega com ela uma história que hoje é contada como a história de vida, do primeiro morador da cidade da fada azul. É um nome um pouco grande mas a história também é. Mas não se preocupe pois a imaginação vai voar, vai criar assas e vai te mostrar que até mesmo quem não gosta, pode se encantar com a doçura, que essa linda história carrega!
.
.
Essa fada era muito doce e sempre arranjava visitantes novos para mostrar à cidade mas infelizmente no fim, nem um deles conseguiam cativar a fada e ela mandava, todos irem embora. Essa fada tem poderes mágicos e misteriosos, poderes que ninguém sabe como explicar mas dizem que o poder dela, vem das flores azuis que existem na sua casa... Essa fada rega essas lindas flores, todos os dias. Ela sempre arranja muitas pessoas e a elas mostra à cidade mas até hoje nem uma delas, conseguiu cativar, essa bela e doce fada. Essa fada ainda é jovem de espirito e tem sonhos belos, com belos príncipes encantados, ela ainda acredita naqueles lindos contos de fadas, que a gente sempre ver pela Tv. Ela é uma moça que assim como todas as outras moças, sonha em ser uma princesa mas principalmente em ser feliz.
.
A mal escolha, fez ela demorar muito mais tempo!
.
A fada sempre arranjava pessoas, usando a sua varinha mágica mas infelizmente nem uma dessas pessoas ficavam na cidade pois todas elas mostravam ser ambiciosas, egoístas e não tinham amor ao próximo... Sendo que o dever da fada era arranjar habitantes para povoar à cidade mas todos tinham que ter, um coração puro e limpo. E por ela não selecionar as pessoas, ela simplesmente perdeu muito tempo com isso... Até que apareceu um rapaz, ele estava carente e muito desesperado. Dessa vez ela usou a sua varinha mágica e o trouxe para o seu lado e o Homem que estava chorando desesperadamente, parou e olhou. O tempo parou só para ele e quando ele viu aquela linda fada, com um vestido azul que brilhava e uma linda coroa, cheia de pedras que brilhavam... Ele simplesmente perdeu o fôlego e ela perguntou e ele sem pensar respondeu que sim.
.
E ela perguntou: Você quer morar, aqui?
E ele respondeu: Sim, eu quero.
.
Parecia que ele estava hipnotizado mas ele não estava, ele só estava ficando apaixonado, por uma fada que seria impossível ser conquistada ou cativada, pelo menos era isso que ele pensava... Ela então mostrou a ele toda à cidade e ele ficou encantado, ela ficou um pouco curiosa pois ele sempre olhava para os olhos dela e então ela perguntou à ele: O porque você olha tanto, para os meus olhos? Os meus óculos estão embaçados? E ele sorrio e com muita seriedade, ele disse: Não, é que as vezes encontramos anjos, enquanto estamos sonhando mas sempre pensamos que é impossível ver, um em nossa frente. E não olho pros seus óculos mas sim para os seus olhos, eles gritam, ele pedem socorro, eles estão dizendo que fariam tudo, para mostrar o quanto são belos pois eles se sentem impotentes, por trás dessas malvadas lentes!
.
Realmente, por ser uma moça muito romântica ela se derreteu mas isso só por dentro pois por fora ela o repreendeu e não lhe mostrou afeto algum. Mas ele é um cara esperto e sabe como cativar as garotas... Por isso ele ficou, por isso ele se tornou, o primeiro morador da cidade. A história desse rapaz, será explicada de forma calma, sem pressa e tudo será esclarecido, muitos não entendem mas ao fim entenderão, que as lágrimas que ele derramou por uma garota, foram as mesmas lágrimas que lhe mostraram a cidade mais linda e perfeita de todas. A cidade que lhe daria o grande amor da sua vida pois seria essa, a cidade que ele habitaria, até os seus últimos dias de vida.
.
.
O que fez Jean conhecer a tão incrível, cidade encantada!
.
Jean era um cara muito comum mas também muito romântico e isso ele mostrou a sua doce, bela e incrível amada. A moça que conquistou o seu coração, ela tem um nome um pouco diferente mas em meio a muitas outras garotas, ela é única e se destaca claramente, pois não tem apenas beleza mas sim, exala desejos e sonhos que fascinam até mesmo os que não conseguem vê-la. O seu nome é Beatriz e a bela Beatriz tem os cabelos lisos e loiros, ela tem os olhos mais lindos e fofos que eu já vi na  minha vida. E é uma linda moça que parece ser tão doce, quanto o nome!
.
Infelizmente o que ela fez, fez Jean ir embora...
Não é algo que deve ser feito pois não é bom e nem justo!
Mas para mostrar o quanto ela foi maldosa, vamos contar à história.
.
.
Jean e Beatriz. A falsidade que reflete dor. A dor que dá vida!
.
A moça da varinha de flor, sempre me pergunta se estou bem... Se as minhas dores já cessaram, se já não existem mais lágrimas, para escorrer... Ela é tão diferente, ela não me critica, não me julga e eu queria muito, me abrir com ela mas infelizmente, acho que ainda não é o momento certo... Até mesmo porque a maioria das pessoas, nunca conseguem entender, como nos sentimos... Uma moça me feriu, me machucou muito e isso me fez ir embora e é por isso, que sempre vivo chorando... A doce fada, tem o costume de sempre colher flores em seu jardim e me dar de presente, ela é uma moça muito carinhosa e é doce e isso me encanta. Moramos juntos em uma cidade muito grande e passamos o dia todo, juntos... Nós brincamos, nos divertimos e isso me faz esquecer de tudo o que passei mas a falsidade daquela que me magoou, para sempre será lembrada! E é por isso que ninguém sabe o nome dela ou o que aconteceu comigo.
.
O que mais me dói é lembrar da despedida.
Pois aquilo que aconteceu, foi tão intenso que ainda sinto.
As minhas lágrimas escorriam e a moça em prantos, gritando dizia.
- A dor foi grande, ela é grande eu sei mas eu tinha que te falar.
Eu sempre disse que te amava mas você precisa me perdoar...
Por isso me diga o que quer, que farei tudo por você!
Eu prometo, você é o único, por favor me aceite!
.
Mas nada que ela falasse, iria me fazer voltar atrás...
Pois enquanto ela dizia me amar, se tornou uma bela, uma meiga, uma incrível moça, gravida... Mas infelizmente, o filho não era meu!
.
.
Infelizmente a fada me perguntou o que me fez chegar chorando à cidade. Ela me perguntou o porque eu estava chorando tanto e o porque, estava tão desesperado. Então contei à ela uma história mas uma história que não era verdade... Uma história sobre uma moça que tinha um nome lindo, o nome da moça era Debora. Essa moça havia morrido em um terrível acidente de carro e por isso eu havia ido embora, de casa. Ela ficou um pouco assustada, meio confusa mas mesmo sem saber o que dizer, ela me confortou. Eu gostei e nessa noite ela me convidou, para ir dormir na casa dela! Nessa linda noite, de estrelas cadentes que apareciam direto, ela me contou sobre muitas coisas que havia vivido e muitas coisas eram bonitas, até demais... Mas infelizmente, ela me disse que o seu nome, era Beatriz.
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 11/03/2017
Código do texto: T5938041
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
533 textos (6370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:52)
Jean Frases