Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Os sonhos de Jean e Debora. Parte 18.

Eu sei que os sonhos de Jean e Debora já foram narrados, sei que eles se apaixonaram de uma forma muito diferente, sei que ambos têm o sonho de encontrar o verdadeiro amor, mas também sei, que essa história ainda está longe do fim. Está na hora de conhecermos a história dos dois, está na hora de conhecer aquilo que é mais do que um sonho, que vai muito além da imaginação, essa é a história de um lindo casal, de um casal que vive em uma cidade fantástica, uma cidade aonde não existem complicações, aonde não existem coisas impossíveis, essa é a cidade dos sonhos, a bela cidade das flores azuis, o lugar aonde o impossível; parece não existir. Muitas pessoas se perguntam o porque existem tantas coisas azuis na nossa cidade, o porque essa nossa cidade é na verdade, um mundo azul. Poucos sabem que aqui na nossa cidade existe uma história muito antiga, e é uma linda história de amor, uma história sobre uma fada, uma fada que existiu aqui mesmo, na nossa linda cidade encantada.
.
.
Ela não deveria ser contada à todos mas por ser a história da nossa própria cidade, a nossa bela rainha decretou que todos os moradores da cidade, deveriam conhecer essa história. Por isso eu pude ficar conhecido, assim como a minha esposa também, nós escrevemos uma história que se tornou o conto de fadas, da nossa própria cidade, hoje essa história é contada à todos os moradores da cidade e essa tal fada, que parecia dar à cor azul a tudo por aqui, só é conhecida por mim e pela minha bela esposa, pelo menos é isso que eu falo, na história. A rainha me nomeou como o primeiro morado da cidade, por ser o escritor do conto que conta a história da cidade. O nosso livro fala deis do início da cidade, até hoje. De forma literária nós descrevemos tudo o que aconteceu mas por alguma razão, parece que nessa nossa história, não existe uma rainha, por isso a nossa rainha ficou um pouco chateada mas deixei ela bem feliz e animada, quando lhe disse assim: Eu farei uma história, uma história que contará tudo, até mesmo o que não foi contado antes... E essa história lhe será dada, como presente, no dia que passar à coroa à sua filha!
.
.
A verdadeira história é um mistério, mas a rainha sempre quis conhecer a história da cidade e por isso, nomeou aquele simples escritor, como o único poeta da cidade, ela dizia que ele era um sábio e por isso o chamou, para ser o seu único conselheiro...
.
.
Todas as outras partes foram para mostrar como é a nossa cidade, foram para mostrar alguns dos lugares que existem aqui mas ainda assim, existem muitos mistérios que não foram revelados, não sei se ainda se lembram mas aonde estará o verdadeiro sábio do amor? Ele sumiu mas aonde ele estará? Eu não sei se vocês se lembram mas aqui na nossa bela cidade mágica, ninguém pode morrer! Então aonde ele estará?
.
.
.
É por ser o único morador da cidade, e que conhece tudo sobre ela, que me torno aquele que instruí os demais moradores, é por ser o único poeta, que me torno o conselheiro da rainha mas acredito que ela só fez isso, para tentar me forçar à lhe contar sobre a cidade, todos os dias levo pessoas para conhecerem lugares novos na cidade, hoje as cidades que existem aqui, são bem mais frequentadas, as vezes é cansativo porque muitas vezes me perguntam a mesma coisa, e me fazem lhes contar a mesma história, e é sempre sobre a fada das flores azuis. O tempo passou, muitos já sabem como é a história mas aqui na nossa cidade, a história sobre a fada é um mito, um mito que muitos querem saber se é verdade... Apenas eu sei quem a fada se tornou, os demais moradores da cidade pensam que a fada foi embora, as vezes dizem que ela ainda mora aqui mas tudo isso porque, costumo dizer aos moradores da cidade, que a fada sempre está nos olhando, que ela sempre está nos guiando para irmos para o caminho certo. Eu costumo dizer que a fada é como uma protetora, que ela é como um anjo e que não pode acontecer nada de mal aqui, porque ela nos guarda... Mas então as pessoas me perguntam quando foi a última vez que eu vi a fada e eu lhes digo com um lindo sorriso: Eu à vejo todos os dias, converso com ela sempre, mas vocês não podem saber, aonde ela está!
.
.
Pelo menos na cidade...
Ninguém sabe que a minha esposa...
A linda e adorável Debora, é aquela bela fada...
.
A incrível e bela fada, das flores azuis.
.
.
Ontem levei algumas pessoas para conhecerem um lugar incrível, um lugar que é narrado no livro, como o berçário das flores azuis, quando chegamos lá algumas pessoas me fizeram contar; sobre aquela parte da história. As vezes é bem cansativo e eu me pergunto se realmente deveria estar fazendo aquilo, me pergunto se deveria revelar de vez o que aconteceu ou se deveria apenas deixar tudo como está... Eu não sei mas sempre que preciso de conselhos, vou a uma criança, que é muito mais sábia que eu.
.
Eu costumo ir a cidade do faz de conta, sempre que preciso de um conselho, lá existe um rapaz muito esperto, bem mais esperto que eu. Ele costuma falar coisas do coração, costuma descrever à paixão, como se soubesse tudo sobre ela. Ele diz que já viveu muitos anos, que já está muito velho, mas diz que se saísse dali, não seria mais a mesma coisa... Pois ele disse que um certo amigo, lhe tomou o lugar tão amado que tinha, mas ninguém sabia, que aquele pequeno garoto, o garoto que mostra à cidade do faz de conta, era na verdade, o criador da cidade do amor...
.
Ele demorou bastante mas ele conseguiu criar uma cidade mágica, uma cidade aonde tudo era romance e alegria, um lugar aonde tudo era amor, e aonde não existia rancor, é um lugar aonde não existem mentiras. É um lugar tão diferente, que não poderíamos descrever, esse era o seu tão amado sonho de vida, essa cidade era o seu mais lindo poema; em forma de vida.
.
Um dia lhe perguntei o porque sabia tanto sobre o amor, e ele me falou que um dia já foi chamado: De Sábio Do Amor!
.
.
.
Eu acho que não expliquei, como cheguei a me tornar o que sou, acho que não falei como Debora se tornou a minha esposa e nem como foi que tudo aconteceu, comecei a falar sobre o meu dia a dia e infelizmente, me esqueci completamente do que deveria lhes falar, mas agora vocês poderão entender bem melhor!
.
.
.
Para que não seja cansativo e prolongado, vamos
narrar os belos fatos, em pequenas histórias!
.
.
.
Ela se tornou a Rainha!
.
.
O nome da nossa Rainha é Silvina, e o nome da sua amada filha é Rita, o nome do Rei é Laurindo e o nome dos seus melhores amigos, é Leandro e Lidiane, eles são um casal que apareceu aqui na nossa cidade, é um casal um pouco estranho mas só vamos falar desse casal depois. A nossa Rainha Silvina foi eleita pelo povo, logo após a fada ter sumido e apagado a mente de todos. Eu sei que as cosias mudaram um pouco, algumas pessoas tinham a lembrança de que alguma pessoa mandava em tudo, que alguém tinha o costume de nos ensinar tudo sobre a cidade e por acaso, colocaram essa Mulher chamada Silvina para ser a nossa rainha, o seu belo rei se chama Laurindo e o nome da sua filha é Rita, essa é uma família muito unida porém os seus melhores amigos, que com o tempo se tornam os meus melhores melhores amigos também. São eles que animam ainda mais a nossa história, a moça Lidiane é muito boba mas não se perde à frente das outras damas, porque as suas palavras são fortes, mas o senhor Leandro é muito irônico, diz ser um nerd mas nem só de óculos; vive um nerd.
.
- Ele não é tão esperto assim sabe, mas tudo bem...
.
.
Eu não sei o porque ela se tornou à rainha mas sei que foi porque a fada sumiu, de alguma forma as pessoas começaram a dizer que ela era a rainha e que o seu marido era o rei, de alguma forma mágica, uma Mulher que era a mais pobre, se tornou a mais rica do reino, mas ai vocês me perguntam se esse reino tem valor e eu lhes digo, como se canta um louvor; ele é abençoado!
.
Vocês irão entender o porque esse lugar é tão incrível e mágico, o porque ele é tão abençoado. Eu acho que já está na hora de conhecer a essência, desse belo e incrível conto de fadas!
.
.
.
A história de Debora.
.
.
Ela é a moça mais bela da história, ela apareceu como uma louca, criticando tudo e todos... Ela parecia ser uma donzela muito doce mas aos poucos parecia ser louca, quanto mais ela falava, mais a gente sorria e ficava intrigado, se perguntando; de onde será que ela veio?
.
O seu nome é Debora, mas antes era Beatriz.
O seu nome é moça, mas antes era fada encantada...
O seu nome é perfeito, mas antes ela tinha
nas mãos; uma incrível e bela varinha mágica...
.
Como é o nome dela?
O nome dela é Debora!
.
.
O nosso casamento.
.
.
.
O nosso casamento foi assim, simples, em uma praça aonde tudo era incrível, a gente passeou pela cidade de mãos dadas, ela com um lindo buquê de rosas vermelhas em suas mãos, todos estavam à frente das suas casas, com arroz para jogar nos noivos, parecia uma cena de cinema... Quem sabe...
.
.
Esperem, tenham paciência...
Que essa linda cena, ainda será criada!
Debora é a linda fada, ou ela era, quem sabe...
Debora era a fada, mas hoje ela é apenas uma mocinha...
- Será que ela, ainda irá se tornar aquela linda fada?
.
.
.
Mas agora que todos já conhecem um pouco de como as coisas aconteceram na nossa cidade, está na hora de conhecermos os novos personagens, está na hora de ler uma nova história, dentro de um lindo conto de fadas... Essa história conta a vida de um lindo casal, de um casal que tem como objetivo, viver ao lado do rei e da rainha, um casal que são chamados de os primeiros moradores da cidade, porque escreveram a história da cidade que vivem, o nome desses dois é Jean e Debora e hoje eles dois contam a sua história... Uma história que não é mais um sonho mas sim, uma linda história de amor. Está na hora de saber como Debora apareceu na cidade, o que aconteceu quando a fada sumiu, o que aconteceu com a mente das pessoas e até mesmo o porque, apenas Jean é quem sabe de tudo mas me pergunto, o porque será que Jean, deixa que Silvina; seja a rainha?
.
.
.
E como é de costume...
"apenas o tempo é quem sabe!"
.
.
.
Eu sei que foi um pouco adiantado mas irei voltar ao início de tudo, quando a fada sumiu, irei dizer como tudo aconteceu e o que fez Debora, se tornar a minha esposa. Essa história não será tão grande mas dizem que essa linda história de amor, acabará assim que for narrado o belo casamento do casal. Mas tenham calma, que haverá uma parte extra, uma parte que explicará absolutamente tudo e que nos dirá, que esse casal vive feliz e contente, que ele viverá feliz durante todos os seus dias!
.
E que esse amor, será eterno!
.
Até mesmo porque é assim, que acaba um conto de fadas!
Então esperem com paciência, que a história está à caminho!
.
.
Está na hora de conhecer essa história...
Eu lhes apresento... A minha história e a de Debora...
.
O eterno romance de Jean e Debora.
Jean Frases
Enviado por Jean Frases em 21/07/2017
Reeditado em 14/08/2017
Código do texto: T6060777
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Jean.Frases). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jean Frases
Jaboatão dos Guararapes - Pernambuco - Brasil
533 textos (6370 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 11:52)
Jean Frases