Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NO METRÔ

Sexta-feira, sete da manhã. Metrô lotado, Jonas tenta entrar, não consegue. Com certeza, outra bronca por atraso; o chefe não largava do pé. Brigava com a mulher, descontava nele. Que culpa tinha do zero à zero deles? Mais um, entra. A loja abre às oito, mas ele entra sete e meia. Matutando, olha a moça ao lado. Bonita, bem vestida. Com certeza, estudante. Ele, um duro. Não era para o seu bico. Mas o desejo falou forte. Alguns olhares. Ele comenta qualquer besteira, ela responde. Conversam, trocam telefones. No almoço, liga. Conversa rápida, o cineminha da noite, garantido.
DARWIN FERRARETTO
Enviado por DARWIN FERRARETTO em 01/06/2006
Código do texto: T167644
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
DARWIN FERRARETTO
Santo André - São Paulo - Brasil, 53 anos
20 textos (1424 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:18)
DARWIN FERRARETTO