Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tramas

As mãos teciam os fios. Ásperas, quase insensíveis ao toque, entrelaçavam cada um da trama. Tinha pressa. Marcava a passagem dos dias no calendário pendurado na parede, e as horas eram contadas pela sombra partida em pedaços no chão. Desconhecia a noite, uma vela brilhava na peça para trançar as fibras.
Vinte dias depois, olhou a janela. Sentiu o movimento do lado de fora sem mover os músculos da face. Até sorrir, quando retorceu ao máximo o que acabara de criar. Alcançou dois exatos metros. Estava pronta. Avisou que podiam buscar a encomenda.
Quando o sol se pôs, a porta abriu. Entre as paredes a corda sustentava o corpo do velho Barcellos.
fernandorozano
Enviado por fernandorozano em 14/06/2006
Código do texto: T175164
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
fernandorozano
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
15 textos (474 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 02:20)