Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O jornaleiro





Todas as manhãs chegava ele com sua moto, e colocava o jornal no lugar apropriado lá no meu portão. 
Muitas vezes, brincava com as minhas cadelinhas, e elas fingiam
querer morder seu pé. 
Então saia ele com seus cabelos louros ao vento e o capacete no braço.

- Por que no braço, perguntei a ele.
- Para que a polícia não me pegue, detesto o capacete.

Ontem, como sempre ele veio, depositou o jornal no lugar, e coincidentemente eu estava no portão, me cumprimentou, disse que estava com pressa e não brincou pela primeira vez com as minhas "filhotinhas" que vieram decepcionadas ao meu encontro.
Despediu-se, e com os cabelos mais uma vez ao vento, se foi...
O barulho que ouvi a seguir foi infernal, bateu no meu estômago
como se eu tivesse levado  um soco, o jornal caiu-me das mãos.
Ele já não precisaria usar o capacete...nunca mais !

***
Com som no site:
http://www.kateweiss.art.br/visualizar.php?idt=248153
Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 24/09/2006
Reeditado em 24/09/2006
Código do texto: T248153
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Kate Weiss
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
1240 textos (464644 leituras)
49 áudios (17379 audições)
167 e-livros (427917 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:14)
Kate Weiss

Site do Escritor