Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ELA

ELA

Ela foi se abeirando da minha cama e oferecendo um sorriso sedutor. Através dos seus olhos eu podia vislumbrar céus e infernos. Estendia-me uma taça que eu não sabia se doce ou amarga.

Como era voluptosa...

Às vezes cantava qual anjo, outras, parecia-me demoníaca.

Ora vestia-se de leve tecido azul, ora de pesada armadura negra.

Beijava-me a testa e as faces com ternura maternal ou roçava seus lábios nos meus com desejo assustador. Mas, foi sua língua penetrando gelada e viscosa em minha boca que me fez gritar.

Afastei-a de mim e, suicida que sou, atrevi-me a pedir socorro a Deus. E Ele, poderoso manifestou-se nele: um homem de vestes verdes massageando-me o peito e trazendo-me de volta à vida.

E, ela, desnudando-se diante de mim, sussurrou: “Eis que ainda sucumbirás aos meus desejos”.

05.10.2006

MACLAU
maclau
Enviado por maclau em 06/10/2006
Código do texto: T257373
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
maclau
Mauá - São Paulo - Brasil, 52 anos
10 textos (403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:32)
maclau