Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DALTON TREVISANDO

Ele, sobre o sofá vermelho, deitado, o pinto murcho, ridículo. Ela, de cinta-liga, calcinha fio-dental atochada na bunda de aspecto casca-de-tangerina. Os dois na sala, velhos amantes, velhos mesmo.
Ela tira a calcinha. Ao fundo, o som de uma canção de Amilton Lelo. Nua, pentelheira exposta. João ri: ela não gosta de se depilar.
Maria diz, voz como a daquela mulher sem-vergonha da novela: eu te amo!
João, sutil: então me chupa!
Por incrível que pareça, isso é amor...
Francisco C
Enviado por Francisco C em 27/10/2006
Reeditado em 27/10/2006
Código do texto: T274969

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25684 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 06:33)
Francisco C