Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ZATANAZIL...O REINO DO FAZ DE CONTA

     Zatanazil ao final do ano 1006, vivia o final do primeiro reinado do Imperador Nada Sey, casado com a Rainha Muda. Zatanazilia fôra tomada por uma peste de morcegos sanguessugas, vampiros medievais que chupavam doentes,havima ainda: ratazanas, saqueadores e ladrões disfarçados de gente importante.
     A corrupção havia tomado conta do Império de Zatanazil, de Zatanazilia e de varios reinos do grande império, o chamado senatório e a camarilha, como diziam os plebeus e os escravos nas "reuniões secretas" , segundo eles e os "panfletos e apócrifos feitos em papiros proibidos  estavam todos vendidos ao imperador Nada Sey, inclusive o senator Sarnícula e sua filha Laureana Sarnícula, rainha da Maranália , vendidos a peso de muitas moedas de ouro do império e muitos outros favores imperiais, eram leais a Nada Sey e defendiam a continuidade do reinado de Nada Sey.
      Um nobre de nome Everaldo Carmin, do reino da Paulínia, tentava tirar o trono do imperador Nada Sey, que se mantinha com muito apoio de lacaios, escravos e até plebeus devido a distribuição de comida, dinheiro e o Imperador não incentivava o trabalho, não incentivava artesanatos, estrebarias, lavoura e nem tecelões e ferreiros, o imperador Nada Sey queria o povo indolente e dependente, assim seria mais fácil continuar governando e ele ficaria no poder muitos e muitos anos, através de Projetos Bolsa Sacola, tickes moedas, distribuição de comida e outros favores do império.
      Muita gente havia se acomodado, não queriam trabalhar mesmo e apoiavam a continuidade do imperador Nada Sey. Nobres parasitas desfilavam em suas "carruagens rover" e outros veículos de luxo, importados, muitos nobres adquiriram titulos de nobreza comprando o "voto apoio do povo" a parte já corruptizada...cortesãs desfilavam com roupas chiques, eunucos metidos a garanhões,
e toda sorte de coisas e gente ruim tomou conta de Zatanazil...-Pobre Imperio do faz de conta!.
      A todos os roubos, corrupções, desvios de moedas do império e a devassidão geral o Imperador Nada Sey já tinha a resposta na ponta do meio da língua: Não vi nada, não sei de nada.A Policia do Império e dos reinos do grande império vão apurar.
     Mas todas as policiais dos reinos aliados e a Policia do império obedeciam ao Rei Nada Sey e seus aliados dos reinos do grande império,era a garantia da impunidade ou da punição para "inglês ver", nessa época, dizem, surgiu o ditado: "para inglês ver", enquanto isso na Evolandia o óleo e o gáz Pum eram bloqueados pelo Imperador Moralão, um índio medieval que governava e humilhava Zatanazil...
    Qualquer semelhança com a realidade, será mera ilusão,este é um conto de fadas, reis e bruxas medievais...Era uma vez um Império, onde o imperador fingia que governava e o povo fingia que acreditava, e viveram assim por muitos e muitos anos. Infelizes quase para sempre....
           Manoel Vitório
Manoel Vitorio
Enviado por Manoel Vitorio em 29/10/2006
Reeditado em 21/10/2012
Código do texto: T276347
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Manoel Vitorio
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 60 anos
4785 textos (175133 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:34)
Manoel Vitorio