Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERERECA CONGELADA

Fiquei decepcionado. A frustração fora maior do que podia imaginar; se é que em algum momento tive a chance de imaginar qualquer coisa. A noite estava linda. Planejara o jantar para coroar um dia de alegria. E, após o jantar... Após, eu e ela viveríamos nosso momento. Momento de nós dois; de sonho.

Na cabana de madeira do alto das montanhas, no antigo Hotel Fazenda, havia o clima e o cenário ideal para isto. Mas ela me frustrou. E a decepção foi mais forte do que eu me achava em condições de suportar.

O dia fora lindo! Passeios a cavalo. Banhos de piscina. Frutas saboreadas no pé. Salão de jogos movimentado: braços roçando braços; corpos aconchegados; cheiro no cangote na mesa de bilhar.

O fim da tarde se aproxima. Era quase tempo de ser feliz! O banho reconfortante com sais aromáticos na banheira da suíte valeu por todo o desgaste físico do dia nas cavalgadas, nas braçadas na piscina, na disputa das partidas de totó.

O jantar. Um lindo jantar na noite estrelada, sob a palhoça rústica do jardim das delícias gastronômicas. À luz de velas bruxuleantes, o romantismo se acentuou. O jantar foi prazeroso, pela companhia da amada e pelo paladar satisfeito.

Era a hora da sobremesa. A do restaurante mesmo... Um balcão de sorvetes de frutas tropicais chamou-nos a atenção desde o início. E foi para lá que me dirigi a providenciar nossa sobremesa. E foi lá, também, que tomei ciência do objeto da minha decepção.

Os potes de sorvete estavam apetitosos. O multicolorido do freezer chamava a atenção para os sorvetes, aguçando o interesse. Quis preparar taças bem sortidas e ornamentadas para agradar a minha amada. Foi por isso que me levantei e fui até o balcão de sorvetes ajudar o garçom...

E lá estava a minha decepção! Largadamente refestelada sobre o que tinha tudo para ser um delicioso sorvete de morangos. Ela, uma perereca arreganhada e congelada. Como aquela perereca foi parar ali? O Hotel era Fazenda. Lugar bucólico, agreste, área rural. Provavelmente algum descuido com a tampa do freezer aberta, a levara de um salto fugaz ao estigmatizado sorvete. Frustração. Decepção total. Nada de sobremesas. Fomos para a suíte continuar nossa noite...
Alex Guima
Enviado por Alex Guima em 05/11/2006
Código do texto: T282792
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alex Guima
Eunápolis - Bahia - Brasil, 43 anos
177 textos (112787 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:32)
Alex Guima