Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A TARTARUGA

I
terminar
Andei a escrever pequenos contos como este onde uma tartaruga lentamente corre apressada para chegar à comida, depois come devagar, depois, mais devagar, o conto acaba até, sem pressa nenhuma, termina.

II
parado
O primeiro conto desta série deveria ser o último, no primeiro ria e descontraia, no segundo descontraído escrevia quase tu_do..., no terceiro escrevia tudo, no quarto olhava para o quadrado do teto e ficava: parado.

III
começar
Por uma questão de opção comecei pelo último dos contos, dei conta da opção não entrar na porca como se fosse um parafuso e tive de desaparafusar a ideia para a usar como se fosse um rebite, apeteceu-me... começar.

IIII
equilíbrio
De costas no chão a tartaruga move as patas sem sair do sítio, só quando sente o chão ela se começa a mexer e anda. É apenas uma teoria, na realidade, o que seja a realidade, passa, para nós ou para ela, pelo equilíbrio.

{Depois de algumas transformações...
CONTO MINIMALISTA: MÍNIMA LISTA
(a tartaruga sem história)
Ficou:}

A TARTARUGA

Andei a escrever pequenos contos como este onde uma tartaruga lentamente corre apressada para chegar à comida, depois come devagar, depois, mais devagar, o conto acaba, sem pressa nenhuma, termina.

O primeiro conto desta série deveria ser o último, no primeiro ria e descontraia, no segundo descontraído escrevia quase tu_do..., no terceiro escrevia tudo, no quarto olhava para o quadrado do teto e ficava: parado.

Por uma questão de opção comecei pelo último dos contos, dei conta da opção não entrar na porca como se fosse um parafuso e tive de desaparafusar a ideia para a usar como se fosse um rebite, apeteceu.

De costas no chão a tartaruga move as patas sem sair do sítio, só quando sente o chão ela se começa a mexer e anda. É apenas uma teoria, na realidade, o que seja a realidade, passa, para nós ou para ela, pelo equilíbrio.
Francisco Coimbra
Enviado por Francisco Coimbra em 10/09/2007
Reeditado em 10/09/2007
Código do texto: T645970
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco Coimbra
Portugal
786 textos (311362 leituras)
37 áudios (39656 audições)
1 e-livros (148 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:28)
Francisco Coimbra