Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Independencia


Era uma vez, num longinquo reino da Nova Zalônia, uma princesa que admirava a beleza da naturaza em frente a um lago, quando, derrepente, aparece um Sapo:

--Olá Princesa!

--Olá, Sapinho!

--Olhe, pricesa, eu na verade, não sou uma Sapo, sou um rico principe com muitos castelos e tesouros Mil! O que acontece é que um bruxo feiticeiro me lançou uma maldição, transformando-me neste horrivel Sapo...

--Sei...disse a princesa, curiosa.

--Mas, se você me beijar eu voltarei a ser o belo principe que era, e você pode se casar comigo, passear em meus castelos, usufruir de meus tesouros mil, fazer meu almoço e janta, lavar minhas roupas e preparar meu banho, enfim, ser feliz!

***

Á noite, enquanto deliciava-se com um delicioso guisado de perninhas de sapo acompanhado de vinho branco, a princesa pensou:

--Nem sonhando, coitado!




____________________________FIM_____________________________

Zebedias adora adulterar contos de fadas.
Zebedias Limonada
Enviado por Zebedias Limonada em 18/04/2006
Código do texto: T141053

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (citar autoria de "Thiago Barros Fontoura") e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zebedias Limonada
Maringá - Paraná - Brasil, 34 anos
19 textos (2315 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 07:49)
Zebedias Limonada