Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O desejo... (2º parte)

... Dois anos se passaram e era seu aniversario de 15 anos, ele deu-lhe de presente uma festa pomposa com tudo que lhe era de direito, os convidados eram todos da nobreza da sua cidade e de outras cidades distantes, que viajaram muitos dias apenas para estarem ali...

... Mandou-lhe fazer um vestido com tecidos importados e muito caros...

... Neste dois anos ele nunca a tocou...

... Ela teve tudo que era bom, teve uma educação exemplar, os professores sempre a elogiavam por sua inteligência a e graça, e principalmente por sua estrema beleza...

... Todos que a viam, acabavam por desejá-la...

... Ele morria de ciúmes, mas nunca demonstrava...

... Naquela noite os músicos se organizavam e os cozinheiros encontravam-se em um alvoroço só...

... Os convidados chegavam aos poucos e ela ainda não havia descido, ele era a própria inquietude...

... Faltava pouco para a meia noite, quando finalmente uma criatura graciosa descia pelas escadas...

... Para todos os homens era a visão de um anjo...

... Ele ficou pasmo, nunca havia visto ela tão linda...

... Um homem mais esperto conseguiu-lhe roubar a primeira dança...

... Mas ele a interrompeu na metade...

... Ela o respeitava, mas ao mesmo tempo o temia...

... Ficou nervosa e pisoteava os pés dele, que se perguntava para onde foram às aulas de dança tão caras que lhe pagará, até que outro cavalheiro interrompeu a dança e roubo ela de seus braços...

... Mas um rapaz galanteador chamou-lhe a atenção...

... E os olhares foram trocados diversas vezes, até que ele conseguiu o privilégio de uma dança...

... Foi então que ele percebeu...

... Seu sangue fervia, queria matá-lo...

... Segurava-se a cada gesto e olhar entre eles...

... Um, dois, diversos copos de bebidas...

... Ele já se encontrava embriagado, naquela noite pediria sua mão em casamento...aquele deveria ser o dia mais feliz de sua vida...

... Mas o álcool, já o fazia esquecer disso no terceiro copo...

... Naqueles dois anos nunca haviam conversado diretamente, mas ele estava em todos os cantos e sempre a escutava conversar com os outros...

... O rapaz a levou para o jardim, e lá ia beijá-la quando uma figura enfurecida surgiu, esmurrou-lhe e rasgou-lhe a alça do vestido...

... Gritava:
− Foi para isso então, dois anos de minha dedicação completa, meu respeito, meu carinho, meu amor.... É meu amor ou você achava que tudo que eu lhe dei era de graça, era apenas para pode ver-lhe me rejeitar dia após dia... Eu iria te pedir em casamento no auge da festa, mas vejo que você não era a mulher de respeito que eu imaginava, então para que casar para ter algo que eu conseguiria facilmente... Mulher da vida, Meretriz...

... Enquanto gritava ela corria pela casa e subia as escadas...

... Logo após voltou sua ira para os convidados e os expulsou da forma mais grossa possível, causando um alvoroço...

... Jogava copos e travessas em seus convidados, até que não restasse mais nenhum...

... Subiu a escada, com ódio nos olhos...

... Ela em seu quarto chorava...

... Até que ele invadiu o seu quarto, arrombando a porta, pegou-a e rasgou-lhe a roupa...

... Ela gritava, e tentava fugir...
(continua)
Enikcxs
Enviado por Enikcxs em 05/09/2006
Reeditado em 05/09/2006
Código do texto: T233531
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Enikcxs
Santa Maria - Distrito Federal - Brasil, 34 anos
33 textos (1484 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:40)
Enikcxs