Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MUDANDO DE VIDA

Capítulo 1

Era um fim de tarde numa cidade grande.O sol despencava no horizonte.Nuvens de chuva subiam no céu cada vez mais próximas.A noite chegou mais depressa.Inês atravessou a rua,rumo a um ponto de ônibus,aquela hora já lotado de pessoas apressadas.Inês imaginou se conseguiria um lugar no ônibus para ir sentada para casa.Suas pernas doíam,as varizes reclamavam.Para sua sorte o ônibus que sempre pegava passou quase vazio.Ela suspirou aliviada, sentando-se perto de uma janela no instante em que a chuva começou a cair.Fechou a janela e deixou-se cair numa espécie de letargia.

Inês só tinha 40 anos,mas um problema crônico de saúde fizera sua aposentadoria chegar mais cedo.Agora ela estava se despedindo da cidade grande.Voltaria para sua cidade natal,pequena mais aconchegante, situada bem pertinho do mar.O nome da cidade era de fazer sonhar: Paraíso.Lá ela tinha uma pequena casa quase a beira-mar,herança de família.Sempre que podia passava fins de semana e feriados prolongados lá.Sua irmã mais velha Inamar,morava vizinho, e mantinha a casa em ordem.O pai comprara aquele terreno muitos anos atrás, e construíra com as próprias mãos e alguma ajuda,as duas casas,uma para cada filha. Inamar era casada,tinha quatro filhos todos já encaminhados na vida: Levi e Lucio já casados e Laíse e Liliane as mais novas.Inês namorara muito,mas se decepcionara na mesma proporção com os homens.E como prezava muito sua independência,decidira não se casar.Dos sobrinhos,Inês gostava mais de Liliane a caçula.Liliane tinha quase a mesma fisionomia da tia,além dos meus gostos e atitudes.

Inês entra em seu pequeno apartamento,cheio de caixas de papelão,devido a mudança próxima.Quase todos seus pertences estavam empacotados.Vai até a varanda,a chuva tinha passado e soprava um vento frio.Lembrou que era a última noite que passava ali,amanhã se mudava.- Lá se vai vinte anos...- pensou ela - quantas coisas vivera ali,alegrias,tristezas...O telefone toca,era Liliane:

- Tia,amanhã estarei aí logo cedo.Levi e Lucio também vão.Acertou tudo com o pessoal da mudança?

-Sim,tudo certo.

-Falou com mami e papi?

-Sim,sua mãe já abriu a casa hoje e mandou Lurdinha dar uma geral lá.

-Então não se preocupe,em pouco tempo estará instalada na casa nova!- disse Liliane.

Quando Liliane desligou,Inês fez uma promessa a si mesma: - A partir de amanhã minha vida será realmente nova!Está na hora de fazer o que nestes anos todos não tive coragem nem tempo de fazer.Amanhã eu começo a viver de verdade!

Continua...


Ane
Enviado por Ane em 18/10/2005
Código do texto: T60650
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Ane
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 46 anos
31 textos (9070 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:46)
Ane