Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Diferentes amigos.

Num quarto sujo e cheio de poeira,havia um sapato ,ela era um sapato solitario sempre descriminado pelo seu terrivel chulé,havia tambem um cadaço que se sentia todo,por ele sempre achar que sem ele o sapato nao era nada,tambem tinha a meia que era muito amiga do chinelo,pra onde o chinelo ia a meia ia atráz,o coitado do sapato sempr ficava só,isolado,sem singuem para conversar,até que um dia o chinelo fala co ele brincando
 -Aí sapato,já amenizou o chulé?háháhá, e dava uma gargalhada da quelas,o sapato coitado sempre ficava calado.
  Um dia a meia vendo o sapato muito só,veio conversar com ele.
 -Oi sapato!
 -Oi, ele respondeu.
 -Eu sei porque que voce é tao triste,o cadaço sempre tirando onda com voce,o seu chulé que nao é nen um pouco agradavel,mas eu tambem já sofri muito com isso,quando eu morava numa casa,eu vivia suja e fedorenta,aí teve um dia que eu tomei um belo do banho e nunca maia fedir.
 -É mas acontece que voce morava numa casa e lá tinha banheiro e agua para voce tomar banho,aqui nao aqui só é um quarto sujo.Disse o sapato.
  Entao eles ficaram conversando durante um tempo,quando derrepente o chinelo chega e fala:
 -Aí meia,voce de papo com o sapato!!!.ficou surpreso,pois a mei nunca houvera de falar com o sapato,depois de uns tempos a meia já amiga do sapato resolveu ajuda-lo,o aproximando de seus amigos cadaço e chinelo,mas o chinelo falou:
 -Deus me livre ele fedi demais eu nao iria aguentar1e o cadaço todo orgulhoso disse que nao ia se misturar,entao com o passar dos tempos,o chinelo foi se acostumando com o fedor do sapato e ficaram grandes amigos.ele e a meia ,o cadaço?,o cadaço a´te hoje ficou sozinho com o seu orgulho,mas mal sabe ele que  nao é mais do que o sapapto , pois o sapato anda e ele simplesmente só da um laço.
sabritney
Enviado por sabritney em 29/08/2007
Código do texto: T629197

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
sabritney
Fortaleza - Ceará - Brasil, 24 anos
6 textos (630 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 11:58)
sabritney