Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Preto Dê

 Bom dia negra linda da voz que chama incendeia e irradia, diz preto Dê.
 Quero lhe desejar um bom dia não queria vela triste, como em noites passadas,somos filhos do vento e Deus maior não necessitas de lagrimas do sol, nem deixar rolar o pranto.
 Somos de era milenar onde o sol habitava o suor todos os dias deixava-os rolar em face calorosa mas ao tardecer ele se encaixava em descanso e assim os fazemos iguais ao anoitecernos recolhemos ao descanso...
 E o dia clariou cortandolhe a pele dando assim um raio de sol...e assim proceguiu alguns dias...
 Naquela noite preto Dêsentiu seu pranto doer, ja que é pra ser que seja ao recolher...
 Como o sol faz, ela fez porem ao rasgar da pele, irradiou branda e suave luz. Sem ve-la despertar preto Dê ve que não mais precisa sofrer.
 Pois seu olhar calou e o descanso profundo encaixou...
yalas
Enviado por yalas em 30/10/2005
Código do texto: T65495
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
yalas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 30 anos
1 textos (29 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:15)
yalas