Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O ANJO DO MEU ANJO

 
— Ciao, ciao...  - Acenava, enrolando a língua, o meu pequeno Gustavo. Estranhei ao vê-lo longe da casa, estranhei ao vê-lo pertinho do mar. Não havia ninguém com ele, nem mesmo a sua babá.

    Temerosa, encurtei os passos pela areia. Abraçando-o, baixei-me ao seu tamanho só para perguntar: - "O que foi querido? Para quem estás acenando? E, onde está Ana?"

    Ele, com o olhar muito triste, fungou uma só resposta. — "Meu novo amigo entrou na água e sumiu. Acho que engoliu água e afundou."

— Amigo? Que amigo? - Perguntei um tanto assustada. Estávamos sozinhos naquela praia.

    De soslaio, me olhou como se eu tivesse a obrigação de entendê-lo.

 — O nome dele é Willian! - Respondeu categórico.

     Respirei fundo, respirei indignada com Ana.

— Meu amigo, me falou das ondas do mar. Disse que puxam e repuxam se eu tentasse pegá-las. Disse também que sou muito pequeno para pular por sobre elas.  Não fiquei com medo. Falei que já sou homem, Willian não acreditou.  Correu, correu na minha frente gritando: - "Não saia daí que vou te mostrar". Dando-me adeus,  afundou! Ele virou peixinho mamãe?

    Não havia marcas na areia, observei. Apertei Gustavo o mais que pude ao meu peito e caminhei por sobre as minhas próprias pegadas.

 

Patricia Essinger
Enviado por Patricia Essinger em 12/10/2007
Reeditado em 19/02/2015
Código do texto: T690894
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patricia Essinger
Guaíba - Rio Grande do Sul - Brasil, 54 anos
436 textos (23571 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:11)
Patricia Essinger