Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu Dente de Leite

Ficamos lá por algumas horas. Olhando a TV, sem falar nada,
como mortos. E então, quando eu fui embora, eu me senti como
sempre me sentia a maior parte da minha vida quando me
distanciava de alguém que eu gostava; encarava meu próprio
tédio e minha falta de personalidade.
Quando cheguei em casa, recebi aquilo como um choque; mais
forte do que nunca... A saudade. Mesmo sabendo o quanto eu
gostava dela e o quanto ela apenas me tolerava.
Coloquei o toca-CD no chão, deitei na cama e ouvi Tears in
Heaven inúmeras vezes. Não chorei. Não choro há muitos anos.
Apenas cultivei aquela dor incomensurável e desesperadora que
aproximava minha cabeça da parede dura. Como um dente de
leite pendendo da gengiva que eu cutuco, torço sentindo um
prazer dolorido.
Magnus
Enviado por Magnus em 28/10/2007
Reeditado em 11/11/2007
Código do texto: T713136

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Magnus
São Paulo - São Paulo - Brasil, 31 anos
46 textos (2931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 02:09)
Magnus